Com Duval em primeiro e Di Grassi em segundo, Audi domina teste oficial antes das 24 Horas de Le Mans

Os três protótipos da Audi que vai disputar as 24 Horas de Le Mans ficaram em primeiro, segundo e terceiro lugar no teste oficial realizado neste domingo (9). Bruno Senna ficou em segundo na classe GTE Pro e JP de Oliveira em 15º na LMP2

61 carros participaram do teste oficial realizado neste domingo (9), em Le Mans, na França, dez dias antes do início das atividades de pista da 91ª edição da corrida de endurance mais famosa do mundo. E a liderança ficou com a marca que dominou a prova na última década, a Audi, que colocou quatro carros nas cinco primeiras posições.

O mais rápido do dia foi o francês Loïc Duval, que chegou a bater o e-tron quattro #1 pela manhã, mas se recuperou na sessão vespertina e superou o brasileiro Lucas Di Grassi em mais de 3s. Próximo do tempo da pole-position de 2012, Duval completou sua melhor volta em 3min22s583.

Lucas Di Grassi colocou o Audi #3 na segunda posição (Foto: Audi)

A batida de Duval, segundo ele, foi motivada por uma distração. Ele se assustou com algum objeto que atingiu o carro e olhou para o lado esquerdo. Neste momento, acabou colocando duas rodas na grama e perdeu o controle. “Não estava sendo agressivo”, assegurou o piloto.

Di Grassi, no carro de #3, cravou 3min25s358, apenas 0s3 mais rápido que o alemão André Lotterer, vencedor das duas últimas edições da prova. O protótipo #8 da Toyota, por Stéphane Sarrazin, à frente do quarto carro da Audi, de Marco Bonanomi. Esse, porém, não vai disputar as 24 Horas e treinou apenas para testar os novos pneus da Michelin para 2014. Alexander Wurz foi o sexto colocado.

Na classe LMP2, quem liderou foi a equipe OAK com o piloto Olivier Pla. O melhor tempo registrado por ele ficou na casa de 3min38s801. O brasileiro João Paulo de Oliveira participou da atividade com a equipe Lotus, que ficou na 15ª posição. Oliveira não está inscrito como titular para a prova dos dias 22 e 23, contudo, por ter treinado, está apto a assumir o posto de reserva de alguma equipe e até competir, no caso de alguma eventualidade.

Carro do brasileiro Bruno Senna em Le Mans (Foto: Aston Martin)

A Aston Martin dominou a GTE Pro e formou uma dobradinha com Peter Dumbreck e Frédéric Makowiecki, este último, companheiro de Bruno Senna no carro #99. A fabricante inglesa também foi a melhor na GTE Am com Jamie Campbell-Walter ao volante. Outro piloto da marca, o dinamarquês Allan Simonsen ficou em segundo.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube