Em primeiro treino para 24 Horas de Daytona, trio de Fittipaldi lidera e equipe de Alonso termina na sexta colocação

O trio de Christian Fittipaldi, João Barbosa e Filipe Albuquerque terminou o primeiro treino livre para as 24 Horas de Daytona à frente do resto e abriu o domínio dos carros da Cadillac. Grande atração do dia, Fernando Alonso estreou e terminou com a sexta colocação

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Por mais que fosse o dia da estreia de Fernando Alonso a bordo do Ligier #23 em um evento oficial das 24 Horas de Daytona, quem brilhou não foi ele e tampouco Lance Stroll. Os pilotos da F1 olharam para cima e se depararam com os veteranos do endurance norte-americano nas primeiras posições. A liderança do primeiro dia de testes ficou com o Cadillac #5, guiado por Christian Fittipaldi, Filipe Albuquerque e João Barbosa – com Barbosa sendo o mais rápido, 1min3&s266.

 
O segundo posto ficou com a equipe de Wayne Taylor, com o #10, que também tem Ryan Hunter-Reay e Renger van der Zande – agora Ricky Taylor está em outra equipe na disputa. O mais rápido foi justamente Van Der Zande, com 1min37s528. 
 
No terceiro posto, outro Cadillac, o #90, com Matthew McMurry, Tristan Vautier e Eddie Cheever III. O quarteto da Cadillac fechou com o #31 da Action Express, que tem Filipe de Oliveira, Eric Curran, Mike Conway e Stuart Middleton.
 
O #23 de Alonso ocupou o sexto posto e com o espanhol cravando um respeitável 1min38s170. Lando Norris, tido como a joia da McLaren, e Phil Hanson são os outros integrantes do trio. O outro carro da equipe de Zak Brown, a United Autosport, e que tem Paul di Resta, Bruno Senna, Hugo Sadeer e Will Owen, terminou no 15º posto. 
Treino em Daytona (Foto: Reprodução/Twitter)
Na classe GTLM, a Ganassi, dotada de Ford GT, dominou. O #67, com Scott Dixon, Ryan Briscoe e Richard Westbrook, superou o #66, que conta com Sébastien Bourdais, Dirk Muller e Joey Hand – a diferença entre ambos os trios foi de apenas 0s320.
 
Já na GTD, o Lamborghini Huracán da GRT Grasser, com Rolf Ineichen e Mirko Bortolotti, ponteou a classificação, enquanto o Porsche 911 #59 da Manthey, com Steve Smith, Harald Proczyk e Sven Muller ficou com o segundo lugar.
 
Os pilotos voltam à pista para o segundo teste do dia às 18h30 (de Brasília).
EM BUSCA DO SONHO DA F1

PIETRO FITTIPALDI REVELA QUE NEGOCIOU COM A SAUBER PARA 2018

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube