Ferrari confirma projeto e intenção de voltar a disputar 24 Horas de Le Mans “mais cedo ou mais tarde”

Luca di Montezemolo, presidente da marca italiana, confirmou que o time trabalha em cima de projeto dentro do regulamento de 2014 da divisão LMP1 e vê teto orçamentário previsto para a F1 em 2015 como chance de realocar funcionários para um futuro time no WEC

 
A Ferrari pode voltar a disputar em breve as 24 Horas de Le Mans, uma das mais tradicionais provas do automobilismo mundial, com sua própria equipe na LMP1. Quem faz a afirmação é Luca di Montezemolo, presidente da escuderia italiana, que vê o time "mais cedo ou mais tarde" na disputa da corrida.
 
De acordo com a revista britânica 'Autosport', o dirigente admitiu que a fábrica já está desenvolvendo um carro de acordo com o regulamento da principal divisão do Mundial de Endurance do próximo ano cujo motor é o mesmo turbo V6 que será usado na F1.
Sem time oficial no WEC, Ferrari corre com AF Corse na categoria (Foto: WEC)
"Nós estamos trabalhando em algumas inovações tecnológicas que estão sendo testadas no momento, por isso, essa é a primeira vez em que, teoricamente, poderia haver a possibilidade de pensar sobre Le Mans", afirmou Montezemolo.
 
"Comecei a pensar nessa possibilidade há algumas semanas. Se as regras forem na direção que eu espero, talvez mais cedo ou mais tarde, veremos Le Mans com um carro da Ferrari em condições de vencer", destacou.
 
Outro fator que pode levar a esquadra a disputar, inclusive, toda a temporada do WEC, é a possível introdução do limite orçamentário previsto para a F1 a partir de 2015. Para evitar demissões em massa, Luca pode realocar funcionários para o novo projeto.
 
"Eu não posso dizer a 100 pessoas para que saiam e procurem outro emprego, então esta pode ser também uma possibilidade, levar algumas de minhas pessoas para esta direção", encerrou Montezemolo, de olho no futuro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube