Häkkinen anuncia retorno às pistas após oito anos para disputar 10 Horas de Suzuka com McLaren GT

Mika Häkkinen em uma McLaren? Vai acontece novamente em 2019: o finlandês se une a Hiroaki Ishiura e Katsuaki Kubota e completa trio que disputa prova de endurance em Suzuka. A última aparição competitiva de Mika foi em 2011


 
2019 reserva o retorno de Mika Häkkinen ao automobilismo. O piloto finlandês, bicampeão da Fórmula 1, foi anunciado nesta terça-feira (9) como companheiro dos japoneses Hiroaki Ishiura e Katsuaki Kubota nas 10 Horas de Suzuka, corrida válida pelo Intercontinental GT Challenge.
 
O trio vai competir com um McLaren 720S GT3, versão modificada do carro de rua da marca britânica. Para Mika, que voou alto com a escuderia de F1 entre 1993 e 2001, não deixa de ser uma escolha simbólica.
 
A última aparição de Häkkinen em uma corrida foi em 2011. Na ocasião, o finlandês disputou as 6 Horas de Zhuhai, válida pelo já finado Intercontinental Le Mans Cup.
O McLaren 720S GT3, a ser pilotado por Mika Häkkinen em Suzuka (Foto: Wikimedia)

“Em março de 2017 eu fui a Suzuka pela primeira vez em 16 anos e reencontrei o pessoal fanático do Japão mais uma vez”, recordou Häkkinen. “Aí ano passado eu pilotei o MP4/13 e curti o traçado único de Suzuka, em formato de ‘oito’. Esse ano resolvi que voltaria a correr pela primeira vez desde novembro de 2011, e escolhi Suzuka como palco do meu retorno. Suzuka é onde venci o Mundial de F1 pela primeira vez e onde tenho tantos fãs”, seguiu.

 
A última temporada completa de Häkkinen foi em 2007, no último de três anos como piloto da Mercedes no DTM. Depois, já em regime de aposentadoria, o finlandês seguiu ligado ao automobilismo através do cargo de embaixador da McLaren.
 
As 10 Horas de Suzuka estão marcadas para 25 de agosto.

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube