“Muito feliz, mas quebrado”, Derani descreve primeira participação em Le Mans como “experiência única”

Largando da nona colocação da classe LMP2 e terminando em quarto, Pipo Derani exaltou sua primeira participação na tradicional prova das 24 Horas de Le Mans. Mesmo quebrado, piloto disse que viveu experiência única

Motivos para comemorar não faltam para Pipo Derani. Participando pela primeira vez das 24 Horas de Le Mans, que aconteceu neste final de semana, o brasileiro chegou em quarto na categoria LMP2, e descreveu como única a experiência vivida na França.
 
O piloto dividiu o Nissan #28 com o colombiano Gustavo Yacaman e o mexicano Ricardo Gonzalez, pela equipe G-Drive Racing. Na classificação da categoria, o trio acabou pontuando como terceiro, pois o segundo colocado não participa da temporada regular, e hoje ocupam a vice-liderança do campeonato.
 
Derani foi quem largou com o carro, da nona posição. Ao falar sobre a corrida, ele exaltou o bom desempenho, mesmo que tenha enfrentando alguns problemas. “Foi uma boa corrida, com alguns probleminhas no começo”, disse.
Derani e seus companheiros Gustavo Yacaman e Ricardo Gonzalez (Foto: Divulgação)
"A gente teve um problema no software do carro e, por isso, não funcionava o limitador de velocidade nos boxes. Tomamos uma punição de 1min50s, caímos para 11º e viemos recuperando", contou Derani, que já tem dois pódios na temporada”, explicou.
 
"Eu e o Gustavo ficamos revezando a maior parte da noite, fazendo três saídas com o mesmo pneu, só abastecendo. Saía um e entrava o outro. Na minha penúltima saída, tivemos um problema na suspensão, quebrou o amortecedor e tive de andar metade do stint, 1h30, com a suspensão quebrada. Parei, fizemos a troca da suspensão e um quarto lugar na estreia não foi ruim ", completou.
 
O brasileiro não poupou elogios para a equipe, e ressaltou a importância de vencer a importante prova de duração de 24 horas. "Gostaria de agradecer muito a toda a equipe. Eles trabalharam duro e ficaram acordados as 24 horas, uma equipe bem estruturada e capaz, da qual tenho orgulho de fazer parte", frisou Derani.
 
"Foi uma experiência única. Nunca achei que fosse ficar tão cansado em um dia de corrida, como hoje. Uma experiência que só vivendo realmente a gente sabe como é. Estou muito feliz, mas estou ‘quebrado’. Terminar essa corrida era extremamente importante, porque a pontuação era dobrada, e agora é focar na briga pelo título nas próximas etapas", encerrou.
 
A próxima etapa do FIA WEC será disputada dia 30 de agosto, em Nurburgring, Alemanha.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube