Endurance

Nakajima aproveita erros de López e põe Toyota #8 na ponta em Le Mans. Fraga lidera LMGTE-AM

A edição 2019 das 24 Horas de Le Mans atingiu 1/4 do total às 18h (de Brasília) deste sábado (15). Com oito horas corridas, a diferença entre os dois Toyota foi triturado. Quem lidera agora é o #8, um feito de Kazuki Nakajima, que se valeu de boa estratégia e ficar longe dos erros. Daniel Serra e André Negrão chegaram a liderar no GTE Pro e LMP2, respectivamente, mas estão no segundo posto. Na GTE Am, Felipe Fraga tem vantagem

Grande Prêmio / PEDRO HENRIQUE MARUM, do Rio de Janeiro
Após chegar a abrir mais de 1min nem sequer duas horas antes, uma série de acontecimentos, decisões estratégicas e erros de pista definiu que o Toyota #7 não apenas perdesse a vantagem construída, mas perdesse a liderança. Ao completar a oitava hora das 24 Horas de Le Mans, neste sábado (15), era Kazuki Nakajima quem liderava com o #8 da Toyota em meio a um trabalho impecável. 
 
López chegou a abrir bastante e guiava bem quando apostou na chuva e fez a Toyota esperá-lo com pneus intermediários em momento de slow zone. A chuva parou no momento do pit-stop, o que fez López voltar para a pista sem trocar pneus e ter de voltar mais tarde, sob bandeira verde. Depois, duas escapadas da pista fizeram com que a porta se abrisse para Nakajima. De fora da pista, Fernando Alonso e Sébastien Buemi lidera a prova por 8s.
 
Na LMP2, a disputa é pesada entre o G Drive #26 e o Signatech Alpine #36. André Negrão chegou a colocar o #36 na dianteira, mas Jean-Éric Vergne assumiu o controle da corrida e atravessou períodos de safety-car e FCY totalmente incólume para liderar por cerca de 12s.
 
Assim como as brigas em cima, a do GTE Pro também é bastante apertada: Kevin Estre fez uma hora e meia de rendimento acima dos demais e colocou o Porsche #92 na dianteira, superando o #51 de Daniel Serra. Sem Serra na oitava hora - com Alessandro Pier Guidi -, a Ferrari AF Corse #51 ainda caiu para o Corvette #63 de Antonio García, mas a briga é boa e os três estão separados por 18s.
López escapa da pista (Foto: Reprodução/Twitter)
A briga mais desigual no momento é a da GTE Am: Ben Keating encerrou a oitava hora guiando, mas foram Felipe Fraga e Jeroen Bleekemolen que construíram uma liderança que chegou a ser de quase 2min para o Keating Ford #85. A Ferrari #84 da JMW vem em segundo, já bem mais próxima: cerca de 20s, guiada por Jeffrey Segal. A diferença dos dois para o resto dos carros da classe é grosseira, mais de 1min40s.
 
Acidentes marcaram as últimas quatro horas. O mais forte foi o do Corvette #64 da GTE Pro. Então guiado por Marcel Fässler, tocou no Dempsey-Proton #88 de Satoshi Hoshino e perdeu o controle na entrada da Curva Porsche. Foi direto no muro e acabou abandonando a prova e recebendo uma multa pelos comissários verem o suíço como culpado. Outro acidente foi o do Rebellion #3, então com Thomas Laurent. Os destroços acertaram o SMP #11, de Mikhail Aleshin, e atrapalharam a vida da equipe russa.

Saiba como foi a corrida em Le Mans após oito horas
 
O começo da noite seguia a mostrar a mesma toada das horas anteriores nas primeiras colocações. Kamui Kobayashi o grid sem problemas e já colocava o melhor LMP1 não-híbrido fora da volta da liderança. Recém-colocados nos carros após pit-stops, logo nos primeiros minutos da quinta hora, Stoffel Vandoorne e Nathanael Berthon começavam a desenhar um encontro não muito distante. Vandoorne, no SMP #11, perseguia o francês do Rebellion #3 pela terceira colocação. 
 
Apesar do belga andar mais rápido, a ultrapassagem teve de esperar até um pit-stop demorado do #3, que resolveu colocar Thomas Laurent no carro para tirar mais do protótipo que se via caçado. Um problema no carro durante a parada custou ainda mais tempo que o pensado e permitiu que Vandoorne entregasse o bólido para Mikhail Aleshin e mantivesse o #3 em terceiro. 

O princípio da sexta hora, entretanto, contou com uma chamada de safety-car. O problema foi causado por uma colisão de John Farano, no #43 da RLR, que ficou parado na Tertre Rouge. Fernando Alonso aproveitou o ensejo e parou para entregar o #8 da Toyota para Kazuki Nakajima, mas o japonês precisou esperar o safety-car passar para sair do pit-lane e perdeu alguns segundos. O #7 abriu mais de 1min na dianteira, então.
Marcel Fässler é fechado pelo Porsche #88 e sofre acidente forte com Corvette em Le Mans (Foto: Reprodução)
Mas não foi a única paralisação da hora. Mais tarde, Marcel Fässler tocou o Corvette #64 da GTE Pro no Dempsey-Proton #88 de Satoshi Hoshino na entrada da Curva Porsche, perdeu o controle e foi direto para a barreira de proteção. Fässler destruiu a frente do carro e causou novo safety-car. E, desta vez, foi o #8 que se favoreceu e cortou a desvantagem para menos de 40s. Começava também a chover por meio da sexta hora, ainda que levemente.
 
Entre os não-híbridos, o #3 seguia na terceira colocação. Mais atrás, o ByKolles sofria um vazamento de água e passava 34 minutos na garagem, ao passo que o #10 da DragonSpeed tinha muitos problemas com Renger van der Zande ao volante. Chegou a sair da pista e entrou para mexidas múltiplas nos boxes, onde permanecia ao fim da hora.

Após uma rápida demonstração de chuva na sexta hora, ela voltou a aparecer na virada para a sétima passagem dos 60 minutos. A noite começava a cair de vez às 21h locais (16h de Brasília). E logo o drama se abateu sobre o #3 da Rebellion. Laurent perdeu o controle na chicane Mulsanne, totalmente sozinho, e levou o carro contra o muro. Então terceiro colocado na pista, jogou destroços para cima e um deles atingiu o SMP #11. Num movimento estranho, o carro azul da SMP passou 'vestido' com um pedaço da carroceria da Rebellion. Prejuízo enorme para ambos. 
O Rebellion #3 batido (Foto: Reprodução/Twitter)
A nova entrada do safety-car criou uma celeuma para os líderes do Toyota #7. Nakajima parou o #8 durante o período mais lento e colocou pneus slicks para seguir tentando tirar a desvantagem, enquanto López quisera colocar pneus intermediários para embarcar na queda da chuva. Só que a chuva parou no momento da parada, o que obrigou a ficar com os mesmos pneus por mais algumas voltas e entrar de novo no pit-lane, agora em bandeira verde. A confusão triturou a imensa vantagem do #7 e acabou com Nakajima na dianteira. Mesmo assim, López alcançou Nakajima na pista e fez a ultrapassagem para voltar à liderança.
 
Na marca das 100 voltas, quem agora aparecia na terceira posição, após a batida do #3 e os destroços no #11, era o #17 da SMP. Sergey Sirotkin era quem guiava o bólido na liderança dos não-híbridos. 

López começou na frente a oitava hora, mas errou na chicane Mulsanne e saiu da pista para a brita. O erro custou caro, porque Nakajima assumiu a ponta de vez. O argentino repetiu o erro, agora na Indianapolis, e deu oportunidade para o japonês estender a dianteira um pouco mais. O terceiro posto - melhor entre os carros não-híbridos - foi mantido para o #17 da SMP, agora com Stéphane Sarrazin ao volante, apesar do ataque do #11 da mesma equipe, comandado ao fim da hora por Vitaly Petrov. O Rebellion #1, de Bruno Senna, passava 4 voltas atrás, no sexto posto, ainda reflexo dos problemas das horas iniciais.
Jean-Éric Vergne no #26 (Foto: G Drive)
LMP2
 
O G Drive #36 seguia na ponta, mas via o Signatech-Alpine #36 manter contato bem forte e com certa facilidade. Quem crescia na corrida durante a quinta hora era o Jackie Chan DC Racing #38 que, nas mãos de Gabriel Aubry, ia permanecendo na pista por seguidos stints e aparecia em terceiro já cortando a vantagem dos ponteiros. Mas uma FCY causada por Francesco Castellaci, piloto da GTE-Am, acabou forçando uma nova rodada de paradas e quebrou a sequência.

Ficar perto dos líderes valeu muito quando André Negrão voltou ao volante do #36, algo que aconteceu pouco após o erro de Castellacci. Na realidade, os dois líderes pararam juntos nessa oportunidade e novamente depois, quando Fässler bateu. Entre as duas, Negrão deixou Roman Rusinov para trás com certa facilidade para assumir a dianteira. Pastor Maldonado, atrás, colocava o DragonSpeed #31 no terceiro posto.

A briga entre #26 e #36 era, sem dúvida, impressionante. Ao passo que iam se alternando na liderança com o correr das horas, quem terminou a sétima hora na ponteira foi Jean-Éric Vergne com o G Drive. Na realidade, Vergne fez valer pneus novos que colocou ao reassumir o lugar de Rusinov e atacou Negrão. Sem Maldonado e com Anthony Davidson, o DragonSpeed não segurou o #38, agora com Ho-Pin Tung, que recuperou o terceiro posto. 

Vergne terminou a oitava hora na ponteira com um respiro, dado a demora do Signatech Alpine nos boxes. Negrão, que andava bem na pista, parou errado no momento em que foi ao pit-plane e obrigou os mecânicos a empurrarem o carro até o ponto correto. Nicolas Lapierre assumiu o volante 14s atrás dos líderes e cresceu um pouco para recuperar 2s.
Porsche trabalha no #92 (Foto: Porsche)
GTE Pro
 
A disputa que abriu essa fase da corrida era pelo segundo posto e teve Daniel Serra nem sequer tomando conhecimento do Porsche #93 de Earl Bamber para assumir a segunda colocação. Mas não era apenas isso, porque Serra seguia tocando forte o #51 e alcançou Mike Rockenfeller para ultrapassar e assumir a liderança da classe. Serra conseguiu se segurar até precisar de um pit-stop, coisa que Bamber e Rockenfeller fizeram depois de cair para o piloto da AF Corse. Desta forma, Laurens Vanthoor ficou com o #92 na dianteira.

Apesar de terminar a quinta hora na dianteira, Vanthoor não resistiu a Serra por muito tempo. O piloto do #51 tinha ritmo alucinante e retomou a liderança ainda antes da pancada do Corvette. Mas o segundo safety-car juntou os primeiros colocados e causou mudanças de posição. Kevin Estre fez fila com o Porsche #92 e sacou Serra da frente. Antonio García já aparecia em terceiro. 

Após cruzar a confusa sexta hora na dianteira, Estre ficou o carro e conseguiu estender - ainda que para apenas 3s - a ponta no fim da sétima hora. E quem aparecia como competidor mais próximo agora era Alessandro Pier Guidi, que assumira o #51 das mãos de Serra após o safety-car causado pelo Rebellion. Se Estre tinha algum respiro, um trem de nove carros era formado atrás dele.

A Porsche trabalhou perfeitamente no momento dos boxes e resolveu manter Estre no volante, uma vez que a direção vinha sendo precisa. Com vantagem na frente, a briga ficou para o segundo posto. No finalzinho da hora, García ganhou um ritmo implacável e colocou o Corvette no segundo lugar da classe ao superar Pier Guidi (no 51 de Serra).
 
Trio de Augusto Farfus, o BMW #82 estava na 11ª posição, enquanto o de Pipo Derani, a Ferrari #89 da Risi, estava apenas em 16º.
O #85 de Felipe Fraga (Foto: Reprodução/Twitter)
GTE Am
 
Além do referido acidente com Castellaci, que foi para a brita nas Curvas Porsche com o #54 Spirit of Race, foi Felipe Fraga quem brilhou na quinta hora. Num rápido stint, colocou o Keating Ford #85 na ponta e abriu mais de 20s para Christian Ried e o #77 da Dempsey Proton.

Sem Fraga, mas com Jeroen Bleekemolen, o #85 seguia confortável na frente mesmo com os safety-cars. Quase 2min para a Ferrari #84 da JMW, que contava como Rodrigo Baptista, Wei Lu e Jeff Segal., diferença que foi mantida após a sétima hora.

O #85 encerrou a oitava hora sem tanta vantagem, uma vez que Ben Keating assumiu o volante, mas ainda assim passou com 22s de vantagem para o #84, que estava com Segal, mas conta também com Rodrigo Baptista. Apenas os dois estavam na mesma volta.

Mundial de Endurance 2018/19, 24 Horas de Le Mans, classificação após oito horas:

1 8 SÉBASTIEN BUEMI
KAZUKI NAKAJIMA
FERNANDO ALONSO
SUI
JAP
ESP
P1 TOYOTA GAZOO RACING
TS050
Híbrido
128 voltas  
 
 
2 7 MIKE CONWAY
KAMUI KOBAYASHI
JOSÉ MARÍA LÓPEZ
GBR
JAP
ARG
P1 TOYOTA GAZOO RACING
TS050
Híbrido
+11.087  
 
 
3 17 STHÉPNAHE SARRAZIN
EGOR ORUDZHEV
SERGEY SIROTKIN
FRA
RUS
RUS
P1 SMP RACING
BR ENGINEERING-AER
+2 voltas  
 
 
4 11 VITALY PETROV
MIKHAIL ALESHIN
STOFFEL VANDOORNE
RUS
RUS
BEL
P1 SMP RACING
BR ENGINEERING-AER
+2 voltas  
 
 
5 3 THOMAS LAURENT
MATHIAS BECHE
GUSTAVO MENEZES
FRA
SUI
EUA
P1 REBELLION RACING
Rebellion R13 - Gibson
+3 voltas  
 
 
6 1 ANDRE LOTTERER
NEEL JANI
BRUNO SENNA
ALE
SUI
BRA
P1 REBELLION RACING
Rebellion R13 - Gibson
+4 voltas  
 
 
7 26 ROMAN RUSINOV
JOB VAN UITERT
JEAN-ÉRIC VERGNE
RUS
BEL
FRA
P2 G-DRIVE RACING
ORECA 07 - Gibson
+6 voltas  
 
 
8 36 NICOLAS LAPIERRE
ANDRÉ NEGRÃO
PIERRE THIRIET
FRA
BRA
FRA
P2 SIGNATECH ALPINE MATMUT
ALPINE 470 - Gibson
+6 voltas  
 
 
9 31 ROBERTO GONZÁLEZ
PASTOR MALDONADO
ANTHONY DAVIDSON
MEX
VEN
ING
P2 DRAGONSPEED
ORECA 07 - Gibson
+6 voltas  
 
 
10 38 HO-PIN TUNG
STÉPHANE RICHELMI
GABRIEL AUBRY
CHN
MCO
FRA
P2 JACKIE CHAN DC RACING
ORECA 07 - Gibson
+7 voltas  
 
 
11 37 DAVID HEINEMEIER HANSSON
JORDAN KING
RICKY TAYLOR
DIN
ING
EUA
P2 JACKIE CHAN DC RACING
ORECA 07 - Gibson
+7 voltas  
 
 
12 22 PHILIP HANSON
FILIPE ALBUQUERQUE
PAUL DI RESTA
GBR
POR
GBR
P2 UNITED AUTOSPORTS
LIGIER JSP217 - Gibson
+7 voltas  
 
 
13 32 ALEX BRUNDLE
RYAN CULLEN
WILL OWEN
ING
IRL
EUA
P2 UNITED AUTOSPORTS
LIGIER JSP217 - Gibson
+7 voltas  
 
 
14 28 FRANÇOIS PERRODO
MATTHIEU VAXIVIÈRE
LOÏC DUVAL
FRA
FRA
FRA
P2 TDS RACING
ORECA 07 - Gibson
+7 voltas  
 
 
15 48 PAUL LAFARGUE
PAUL LOUP CHATIN
MEMO ROJAS
FRA
FRA
MEX
P2 IDEC SPORT
ORECA 07 - Gibson
+8 voltas  
 
 
16 23 RENÉ BINDER
JULIEN CANAL
WILL STEVENS
AUT
FRA
GBR
P2 PANIS BARTHEZ COMPÉTITION
LIGIER JSP217 - Gibson
+8 voltas  
 
 
17 39 VINCENT CAPILLAIRE
JONATHAN HIRSCHI
TRISTAN GOMMENDY
FRA
SUI
FRA
P2 GRAFF-SO24
ORECA 07 - Gibson
+9 voltas  
 
 
18 30 ROMAIN DUMAS
NICO JAMIN
PIERRE RAGUES
FRA
FRA
FRA
P2 DUQUEINE ENGINEERING
ORECA 07 - Gibson
+9 voltas  
 
 
19 25 JOHN FALB
ANDREA PIZZITOLA
DAVID ZOLLINGER
EUA
FRA
FRA
P2 ALGARVE PRO RACING
ORECA 07 - Gibson
+9 voltas  
 
 
20 47 ROBERTO LACORTE
GIORGIO SERNAGIOTTO
ANDREA BELICCHI
ITA
ITA
ITA
P2 CETILAR VILLORBA CORSE
LIGIER JSP217 - Gibson
+9 voltas  
 
 
21 50 ERWIN CREED
ROMANO RICCI
NICHOLAS BOULIE
FRA
FRA
EUA
P2 LARBRE COMPÉTITION
LIGIER JSP217 - Gibson
+10 voltas  
 
 
22 43 JOHN FARANO
ARJUN MAINI
NORMAN NATO
CAN
IND
FRA
P2 RLR M-SPORT/TOWER EVENTS
ORECA 07 - Gibson
+10 voltas  
 
 
23 34 NIGEL MOORE
JAKUB SMIECHOWSKI
JAMES WINSLOW
ING
POL
ING
P2 INTER EUROPOL COMPETITION
LIGIER JSP217 - Gibson
+11 voltas  
 
 
24 20 DENNIS ANDERSEN
MATHIAS BECHE
ANDERS FJORDBACH
DIN
SUI
DIN
P2 HIGH CLASS RACING
ORECA 07 - Gibson
+12 voltas  
 
 
25 49 HENNING ENQVIST
MIRO KONÔPKA
KONSTANTIN TERESCHENKO
SUE
ESL
RUS
P2 ARC BRATISLAVA
ORECA 07 - Gibson
+13 voltas  
 
 
26 29 FRITS VAN EERD
GIEDO VAN DER GARDE
NYCK DE VRIES
HOL
HOL
HOL
P2 RACING TEAM NEDERLAND
DALLARA P217 - Gibson
+13 voltas  
 
 
27 92 MICHAEL CHRISTENSEN
KEVIN ESTRE
LAURENS VANTHOOR
DIN
FRA
BEL
GTE-PRO PORSCHE GT TEAM
PORSCHE 911 RSR
+15 voltas  
 
 
28 51 ALESSANDRO PIER GUIDI
JAMES CALADO
DANIEL SERRA
ITA
GBR
BRA
GTE-PRO AF CORSE
FERRARI 488 GTE EVO
+15 voltas  
 
 
29 63 JAN MAGNUSSEN
ANTONIO GARCÍA
MIKE ROCKENFELLER
DIN
ESP
ALE
GTE-PRO CORVETTE RACING - GM
CHEVROLET CORVETTE C7.R
+15 voltas  
 
 
30 67 ANDY PRIAULX
HARRY TINCKNELL
JONATHAN BOMARITO
GBR
GBR
EUA
GTE-PRO FORD CHIP GANASSI TEAM UK
FORD GT
+15 voltas  
 
 
31 93 PATRICK PILET
NICK TANDY
EARL BAMBER
FRA
GBR
NZL
GTE-PRO PORSCHE GT TEAM
PORSCHE 911 RSR
+15 voltas  
 
 
32 68 JOEY HAND
DIRK MÜLLER
SÉBASTIEN BOURDAIS
EUA
ALE
FRA
GTE-PRO FORD CHIP GANASSI TEAM USA
FORD GT
+15 voltas  
 
 
33 69 RYAN BRISCOE
RICHARD WESTBROOK
SCOTT DIXON
AUS
GBR
NZL
GTE-PRO FORD CHIP GANASSI TEAM USA
FORD GT
+15 voltas  
 
 
34 71 DAVIDE RIGON
SAM BIRD
MIGUEL MOLINA
ITA
GBR
ESP
GTE-PRO AF CORSE
FERRARI 488 GTE EVO
+15 voltas  
 
 
35 91 RICHARD LIETZ
GIANMARIA BRUNI
FRÉDÉRIC MAKOWIECKI
AUT
ITA
FRA
GTE-PRO PORSCHE GT TEAM
PORSCHE 911 RSR
+15 voltas  
 
 
36 94 MATHIEU JAMINET
SVEN MÜLLER
DENNIS OLSEN
FRA
ALE
NOR
GTE-PRO PORSCHE GT TEAM
PORSCHE 911 RSR
+15 voltas  
 
 
37 82 AUGUSTO FARFUS
ANTÓNIO FÉLIX DA COSTA
JESSE KROHN
BRA
POR
FIN
GTE-PRO BMW TEAM MTEK
BMW M8 GTE
+16 voltas  
 
 
38 95 MARCO SØRENSEN
NICKI THIM
DARREN TURNER
DIN
DIN
GBR
GTE-PRO ASTON MARTIN RACING
ASTON MARTIN VANTAGE AMR
+16 voltas  
 
 
39 97 ALEX LYNN
MAXIME MARTIN
JONATHAM ADAM
DIN
DIN
GBR
GTE-PRO ASTON MARTIN RACING
ASTON MARTIN VANTAGE AMR
+16 voltas  
 
 
40 81 MARTIN TOMCZYK
NICKY CATSBURG
PHILIPP ENG
ALE
HOL
AUT
GTE-PRO BMW TEAM MTEK
BMW M8 GTE
+16 voltas  
 
 
41 66 STEFAN MÜCKE
OLIVIER PLA
BILLY JOHNSON
ALE
FRA
EUA
GTE-PRO FORD CHIP GANASSI TEAM UK
FORD GT
+16 voltas  
 
 
42 89 PIPO DERANI
JULES GOUNON
OLIVER JARVIS
BRA
FRA
ING
GTE-PRO RISI COMPETIZIONE
FERRARI 488 GTE EVO
+16 voltas  
 
 
43 85 JEROEN BLEEKEMOLEN
FELIPE FRAGA
BEN KEATING
HOL
BRA
EUA
GTE AM KEATING MOTORSPORTS
FORD GT
+17 voltas  
 
 
44 84 RODRIGO BAPTISTA
WEI LU
JEFF SEGAL
BRA
CAN
EUA
GTE AM JMW MOTORSPORT
FERRARI 488 GTE
+17 voltas  
 
 
45 56 JÖRG BERGMEISTER
PATRICK LINDSEY
EGIDIO PERFETTI
ALE
EUA
NOR
GTE AM TEAM PROJECT 1
PORSCHE 911 RSR
+18 voltas  
 
 
46 90 SALIH YOLUC
EUAN HANKEY
CHARLES EASTWOOD
TUR
GBR
GBR
GTE AM TF SPORT
ASTON MARTIN VANTAGE
+18 voltas  
 
 
47 77 MATT CAMPBELL
CHRISTIAN RIED
JULIEN ANDLAUER
AUS
ALE
FRA
GTE AM DEMPSEY-PROTON RACING
PORSCHE 911 RSR
+18 voltas  
 
 
48 62 COOPER MacNEIL
ROBERT SMITH
TONI VILANDER
ING
ING
FIN
GTE AM WEATHER TECH RACING
FERRARI 488 GTE
+18 voltas  
 
 
49 61 LUIS PÉREZ COMPANC
MATTHEW GRIFFIN
MATTEO CRESSONI
ARG
IRL
ITA
GTE AM CLEARWATER RACING
FERRARI 488 GTE
+18 voltas  
 
 
50 78 VINCENT ABRIL
LOUIS PRETTE
PHILIPPE PRETTE
MON
MON
MON
GTE AM PROTON RACING
PORSCHE 911 RSR
+19 voltas  
 
 
51 83 RAHEL FREY
MICHELLE GATTING
MANUELA GOSTNER
SUI
DIN
ITA
GTE AM KESSEL RACING
FERRARI 488 GTE
+19 voltas  
 
 
52 57 KEI COZZOLINO
TAKESHI KIMURA
CÔME LEDOGAR
JAP
JAP
FRA
GTE AM CAR GUY RACING
FERRARI 488 GTE
+19 voltas  
 
 
53 86 MICHAEL WAINWRIGHT
BENJAMIN BARKER
THOMAS PREINING
GBR
GBR
AUS
GTE AM GULF RACING
PORSCHE 911 RSR
+20 voltas  
 
 
54 70 MOTOAKI ISHIKAWA
OLIVIER BERETTA
EDDIE CHEEVER III
JAP
MCO
ITA
GTE AM MR RACING
FERRARI 488 GTE
+20 voltas  
 
 
55 54 THOMAS FLOHR
FRANCESCO CASTELLACCI
GIANCARLO FISICHELLA
SUI
ITA
ITA
GTE AM SPIRIT OF RACE
FERRARI 488 GTE
+20 voltas  
 
 
56 60 CLAUDIO SCHIAVONI
SERGIO PIANEZZOLA
ANDREA PICCINI
ITA
ITA
ITA
GTE AM KESSEL RACING
FERRARI 488 GTE
+21 voltas  
 
 
57 4 OLIVER WEBB
PAOLO RUBERTI
TOM DILLMANN
GBR
ITA
FRA
P1 BY KOLLES RACING TEAM
ENSO CLM P1/01 - Nismo
+33 voltas  
 
 
58 98 PAUL DALLA LANA
PEDRO LAMY
MATHIAS LAUDA
CAN
POR
AUT
GTE AM ASTON MARTIN RACING
ASTON MARTIN VANTAGE
+41 voltas  
 
 
59 88 MATTEO CAIROLI
SATOSHI HOSHINO
GIORGIO RODA
ITA
JAP
ITA
GTE AM DEMPSEY-PROTON RACING
PORSCHE 911 RSR
+49 voltas  
 
 
60 10 HENRIK HEDMAN
BEN HANLEY
RENGER VAN DER ZANDE
SUE
GBR
HOL
P1
DRAGONSPEED
BR ENGINEERING BR1-Gibson
+54 voltas  
 
 
61 64 OLIVER GAVIN
TOMMY MILNER
MARCEL FÄSSLER
GBR
EUA
SUI
GTE-PRO CORVETTE RACING - GM
CHEVROLET CORVETTE C7.R
abandonou  
 
 


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.