Piloto do WEC, Aubry contrai coronavírus e força 23 pessoas a ficar em isolamento

Gabriel Aubry já estava em Spa-Francorchamps quando recebeu a notícia de que era portador assintomático de coronavírus. O piloto da LMP2 foi forçado a ficar em isolamento, assim como outras 23 pessoas que aguardam resultado de testes após contato próximo

O Mundial de Endurance retoma atividades neste fim de semana, e já sofrendo consequências da pandemia do coronavírus. A sexta-feira (14) trouxe a confirmação de que Gabriel Aubry, piloto do #37 da Jota Sport na classe LMP1, testou positivo para coronavírus e está fora das 6 Horas de Spa-Francorchamps.

O caso de Aubry em muito lembra o de Sergio Pérez na Fórmula 1: o francês também está assintomático, mas precisa ficar isolado até conseguir resultado negativo. A infecção também tem consequência para outras 23 pessoas – 16 funcionários da Algarve Pro do European Le Mans Series, três da Jota Sport, três técnicos da Goodyear e um funcionário da Rebellion –, que tiveram contato recente com Gabriel. Todos foram forçados a ficar em isolamento e já fizeram teste de coronavírus. Caso o resultado seja negativo, estão liberado para retomar atividades normalmente.

“Sabendo que uma pessoa que encontrei recentemente contraiu Covid-19, decidi fazer imediatamente um teste na França”, recordou Aubry. “Como não tinha qualquer sintoma, viajei de volta para Spa-Francorchamps. Pouco após chegar eu fui informado de que o teste tinha dado positivo”, seguiu.

Usar máscara não foi suficiente para proteger Gabriel Aubry do coronavírus (Foto: Reprodução/TV)

“Avisei imediatamente o WEC e as equipes Jota e Algarve Pro, seguindo procedimentos de segurança e fazendo isolamento completo no meu quarto de hotel. Um segundo teste foi feito em Spa, dando resultado positivo. Fico profundamente triste e lamento pelos meus colegas de equipe. Eu os desejo o melhor nessa corrida”, lamentou.

Além de Aubry e do já citado Pérez, que volta à F1 em Barcelona, outros pilotos de categorias de ponta começam a sofrer com o coronavírus. Jimmie Johnson perdeu etapa da Nascar por causa disso, assim como Felipe Nasr no SportsCar. A boa notícia é que todos foram casos assintomáticos, permitindo rápido retorno às pistas.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube