Pizzonia exalta desempenho nos testes oficiais do WEC e chama carro da Nissan de “fabuloso”

Brasileiro conseguiu o terceiro melhor tempo na soma dos dois dias de testes. Ele classificou os dias como produtivos e afirmou que conseguiu cumprir a programação

Na última semana, Antonio Pizzonia participou dos dois dias oficiais de testes do WEC, o Mundial de Endurance, no circuito de Paul Ricard, na França. Convidado pela equipe oficial da Nissan, ele teve a oportunidade de pilotar o carro da Delta-ADR, que disputa a categoria LPM2. O piloto gostou bastante do resultado das sessões.

Pizzonia gostou do teste que fez pela Nissan (Foto: Divulgação)

"Foram dois dias de treinos muito produtivos em Paul Ricard. O tempo ajudou e conseguimos fazer tudo o que precisávamos”, afirmou o piloto, que tem a experiência de competir na F1 entre 2003 e 2005.

Com o terceiro melhor tempo, Pizzonia elogiou o desempenho do carro, mas já fala em focar na etapa da Grand-Am, no Alabama, no Barber Motorsports Park, com o carro da equipe chefiada por Michael Shank. “Me adaptei muito bem ao carro, que é fabuloso, estou muito feliz com o resultado final e agora vamos 'mudar a chave' para a corrida da Grand-Am na próxima semana", explicou.

A primeira etapa do WEC está marcada para o dia 14 de abril em Silverstone, na Inglaterra.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube