Recuperado de cirurgia, Negri retorna à Grand-Am em Mid-Ohio: “Não vejo a hora de mandar o sapato”

Ausente das corridas da Grand-Am desde março, Ozz Negri completou a recuperação da fratura que sofreu na perna em dezembro e voltará à ativa neste fim de semana

Ozz Negri finalmente vai reassumir o comando do Ford Riley #60 da equipe MSR na Grand-Am. Neste fim de semana, em Mid-Ohio, Negri voltará a formar dupla com John Pew na sexta etapa da temporada 2013 da categoria.

Negri não pilota desde o início de março (Foto: Vickie Miller)

O brasileiro de 48 anos estava afastado das competições para se recuperar de uma fratura na perna sofrida em dezembro e passou por cirurgia no mês de março e, por isso, perdeu as provas de Barber, Road Atlanta e Detroit. Totalmente recuperado, ele está ansioso pelo retorno. “Não vejo a hora de sentar no carro e mandar o sapato”, exclamou.

“Foi, sem dúvida, uma fase difícil e só tive condições de superar pela ajuda da minha família, dos médicos e de todo o pessoal da MSR, que me deu todo o apoio e a tranquilidade para que eu pudesse cumprir as etapas da recuperação sem atropelos”, declarou.

“Agora, restando ainda sete etapas para o término do campeonato, vou dar o máximo de mim para compensar o tempo de estaleiro”, encerrrou o piloto.

Negri fraturou a perna em dezembro em um treino de mountain bike. Graças a uma recuperação intensa, conseguiu disputar as 24 Horas de Daytona e a etapa de Austin. Contudo, a formação de uma cartilagem no local que deveria ser ocupado pela solidificação do osso exigiu a intervenção cirúrgica que o afastou das pistas neste período.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube