Endurance
08/03/2013 20:53

Renault confirma retorno da Alpine às 24 Horas de Le Mans em parceria com equipe Signatech

A equipe Signatech irá alinhar um carro da Alpine na temporada 2013 da Le Mans Series Europeia e nas 24 Horas de Le Mans. A máquina, porém, vai continuar com chassis Oreca e motor Nissan
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 A Renault está em fase avançada de desenvolvimento dos motores turbo V6 (Foto: Renault Sport)

A Renault confirmou nesta sexta-feira (8) o retorno da tradicional marca Alpine às competições. Extinta no fim de 1995, após 40 anos preparando carros da montadora francesa, a fabricante vai disputar a Le Mans Series Europeia (ELMS) e as 24 Horas de Le Mans dando nome à equipe Signatech, que compete na divisão LMP2.

A escuderia, no entanto, continua a inscrever chassis Oreca, que será rebatizado de Alpine, com motor Nissan. Os pilotos serão Pierre Ragues e Nelson Panciatici, além de um terceiro integrante que será anunciado para a corrida de 24h.

Pierre Ragues e Nelson Panciatici são os pilotos da Alpine em 2013 (Foto: Divulgação)

Aliás, 2013 marca o aniversário de 35 anos da última vitória da Alpine em Le Mans. Em 1978, Didier Pironi e Jean-Pierre Jassaud levaram o carro francês à bandeira quadriculada. Por isso, o retorno da fabricante às competições de longa duração neste ano não é coincidência. Faz parte de um projeto da Renault de reviver a marca, que recentemente teve 50% comprados pela Caterham.

O chefe de operações da Renault, Carlos Tavares, afirmou que o objetivo é ver a tradicional marca de volta às brigas por bons resultados no endurance. “O retorno da Alpine às lendárias 24 Horas de Le Mans em 2013 marcam o início de uma nova aventura”, disse o dirigente. “Faremos o nosso melhor para escrever outra emocionante página na história da Alpine, um nome de destaque na história do endurance francês”, declarou.

Os planos da Alpine, no entanto, não param por aí. A empresa já havia anunciado no mês de novembro do ano passado que planeja projetar um carro de rua para competir na divisão GTE, em Le Mans, a partir de 2016.