Endurance
18/02/2018 11:28

Reserva da Williams na F1, Kubica acerta com Manor para testar protótipo do Mundial de Endurance na Espanha

Robert Kubica vai dar um passo longe da F1: na próxima semana, o polonês estará em Aragão, na Espanha, para testar os novos protótipos LMP1 da Manor. De subida para a classe principal dos protótipos do WEC, a Manor ainda não definiu a maior parte de seus pilotos para a temporada e Kubica se tornou uma estratégia viável
Warm Up / Redação GP, do Rio de Janeiro
 Robert Kubica no lançamento da Williams (Foto: Williams)

Preterido pelo novato russo Sergei Sirotkin, Robert Kubica terá um papel apenas de reserva na Williams em 2018. Desta forma, ele pode facilmente pensar em dividir as atenções com outras atribuições. O começo da procura do polonês por encher o calendário será na próxima semana, em teste com o protótipo LMP1 da Manor. 
 
Kubica irá para a Espanha e, a partir da próxima segunda-feira - 19 de fevereiro -, irá realizar uma sessão de três dias de testes no circuito de Aragão. Até agora, apenas Oliver Rowland e Charlie Robertson foram confirmados pela Manor. 
 
A ex-equipe da F1 está no Mundial de Endurance há dois anos, mas sempre na LMP2. Em 2018, terceiro ano no WEC, a Manor sobe para a principal classe de protótipos e ainda não confirmou sua escalação completa. Como tem dois carros e apenas dois pilotos, quatro nomes ainda são esperados. 
 
A nova fase da Manor no Mundial de Endurance será alcançado com uma nova parceria com a Ginetta, fabricante dos protótipos que utilizará, e motores da também italiana Mecachrome. 
Robert Kubica (Foto: Williams)

O calendário para Kubica participar do WEC está 100% aberto graças a Fernando Alonso - pela participação do bicampeão mundial, o WEC decidiu acabar com o único conflito de datas que tinha com a F1 em 2018. 

A história de Kubica com a Manor não começa agora, porém. Em 2004, então aos 20 anos de idade, a Manor contou com Kubica e Lewis Hamilton como dupla de pilotos para o GP de Macau. O polonês marcou a pole-position, mas terminou a corrida na segunda colocação. O vencedor foi Alexandre Prémat, enquanto Lucas Di Grassi completou o pódio. Hamilton foi apenas o 14º.
 
A temporada do WEC começa com as 6 Horas de Spa-Francorchamps no dia 5 de maio.