Endurance
18/11/2017 18:24

Toyota confirma presença de Alonso em sessão de testes com protótipo da LMP1 neste domingo no Bahrein

O futuro de Fernando Alonso parece apontar mesmo para as 24 Horas de Le Mans. E o primeiro passo vai ser com sua presença no chamado ‘Teste dos Novatos’ promovido pelo Mundial de Endurance neste domingo no Bahrein com o Toyota TS050 Hybrid. Além do bicampeão mundial de F1, outra atração vai ser Pietro Fittipaldi, que vai pilotar o Porsche 919 Hybrid como prêmio pelo título da World Series
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Toyota #8 (Foto: Toyota)

O que era apenas um forte rumor foi confirmado na noite deste sábado (18). Fernando Alonso, que acompanhou a disputa das 6 Horas do Bahrein, vai testar o protótipo da Toyota, o TS050 Hybrid, no circuito de Sakhir neste domingo. Alonso sonha em disputar as 24 Horas de Le Mans para buscar a Tríplice Coroa do Automobilismo, feito só logrado por Graham Hill. Além da experiência que vai acumular com o Toyota da LMP1, Alonso já tem garantida sua presença nas 24 Horas de Daytona, em janeiro, também como parte do seu processo de aprendizado em corridas de longa duração.
 
Outra atração neste domingo no Bahrein vai ser a presença de Pietro Fittipaldi no teste promovido pelo WEC e destinado a pilotos sem experiência regular nos protótipos. Por conta da conquista do título da World Series, confirmada na última sexta-feira, o brasileiro vai pilotar o Porsche 919 Hybrid, protótipo que foi campeão das 24 Horas de Le Mans e do próprio Mundial de Endurance em 2017.
Fernando Alonso vai testar pela Toyota neste domingo no Bahrein  (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Hisataka Murata, chefe da Toyota, comemorou a chance de ter um grande nome como Fernando Alonso a bordo do seu protótipo. “Estamos empolgados por Alonso testar nosso carro. Quando ele nos visitou em Colônia [sede da equipe na Europa], pudemos ver seu entusiasmo e paixão pelo nosso esporte. Ele é um verdadeiro competidor”, destacou.
 
“Temos muito respeito pelo seu interesse em diversas categorias e vai ser um prazer dar-lhe a chance de pilotar um LMP1 híbrido. Vai ser interessante ver o que ele vai dizer sobre o TS050 híbrido”, declarou o japonês.

Em entrevista ao canal Sport 1, Alonso também falou sobre o teste e encara tudo como um grande presente por parte da Toyota. Pela chance de guiar um protótipo e por ver as portas abertas para correr em Le Mans, ainda mais que tem o sinal verde da McLaren e que tenha ressaltado que suas opções “estão completamente abertas”.
 

“Espero que sim. Estou muito feliz. Acho que é uma grande chance guiar esses carros. Vamos ver em breve se vou estar em Le Mans ano que vem, acho que está completamente aberto, mas não conversamos muito. O teste que tenho no domingo é um pequeno presente que eles me deram”, comentou o bicampeão. 
 
A opção de Le Mans para 2018 parece muito mais plausível para Alonso do que um retorno às 500 Milhas de Indianápolis. Uma vez que tenha reforçado que seu foco principal está na F1, o espanhol deixou claro que não vai perder nenhuma prova do Mundial no ano que vem. E diferente de Indianápolis, Le Mans não entra em conflito com prova alguma do calendário da F1, de forma que as portas de Le Mans estão definitivamente abertas para Alonso.
MELHOR DE 2017

COM TÍTULO EM TEMPORADA DIFÍCIL, MÁRQUEZ É PILOTO DO ANO