Endurance

WEC confirma retorno do Brasil ao calendário com 6 Horas de São Paulo a partir da temporada 2019/20

O Mundial de Endurance está de volta ao Brasil. A confirmação das volta à Interlagos foi feita durante evento em São Paulo nesta quinta-feira (22) e será para a temporada 2019/20

Warm Up / GABRIEL CURTY, de São Paulo / PEDRO HENRIQUE MARUM, do Rio de Janeiro

O WEC está oficialmente de volta ao Brasil. As 6 Horas de Interlagos, disputadas pela última vez na temporada 2014, vão voltar ao mapa do principal campeonato do endurance mundial a partir da temporada 2019/20. O anúncio foi feito na manhã desta quinta-feira (22) durante entrevista coletiva realizada num hotel em São Paulo. 

A etapa de São Paulo deveria ter sido realizada em 2015, mas acabou cancelada por conta de uma série de dívidas do então promotor, o tricampeão mundial de F1 Emerson Fittipaldi. Agora, apesar ainda não haver data oficial, a retomada está garantida. O novo promotor é Nicholas Duduch, que estava no evento, assim como o diretor-geral do WEC, Gerard Neveu; João Amaral, da SPTuris; Waldner Bernardo, o Dadai, presidente da CBA; e Bruno Senna, que foi anunciado como embaixador da prova.
 
O acordo entre categoria de promotores é de três temporadas, assim vai compreender as jornadas 2019/20, 2020/21 e 2021/22. O WEC está chamando o novo formato de campeonatos bianuais de 'Súper Temporadas'. A primeira delas começa em maio e tem oito etapas.
 
"É uma ótima notícia não só para os muitos fãs brasileiros, extremamente apaixonados e leais ao WEC, mas também para os competidores, que amam correr no lendário circuito de Interlagos", disse o chefão Neveu. "Nosso retorno para a América do Sul é algo como o qual temos trabalhado nos últimos anos, e agradecemos a Nicholas Duduch pelo trabalho árduo para que o evento aconteça", falou.
A coletiva de imprensa que confirmou o retorno do Brasil ao WEC (Foto: WEC)

"Ter Bruno Senna como embaixador é uma honra. Ele é um dos melhores pilotos do WEC", elogiou.
 
Elogiado por Neveu, Senna também se mostrou animado pelo retorno ao Brasil, onde não corre há sete anos. "É um prazer enorme voltar a correr no meu país, tão perto da torcida brasileira. Interlagos traz lembranças muito especiais e o automobilismo brasileiro só tem a ganhar com o retorno de um campeonato tão grandioso como o WEC."
 
Novo promotor, Duduch também vibrou com a oficialização. "Estamos muito honrados em fazer parte de um projeto de tamanho impacto. EM parceria com o WEC queremos trazer uma experiência completa para os fãs do esporte a motor. A cultura do endurance vai além da corrida em si, e o nosso desejo é fazer com que o público se acostume, entenda e viva o que de melhor a categoria tem a oferecer."
 
A temporada do WEC começa em 5 de maio com as 6 Horas de Spa-Francorchamps. Ainda neste 2018, o campeonato passa por Le Mans, Silverstone, Fuji e Xangai. No ano que vem, encerrando a jornada, Sebring e novamente Spa e Le Mans.
"RECOMEÇA A BRIGA"

MERCEDES COMEÇA TEMPORADA AINDA À FRENTE DA FERRARI