eSports

Equipe Veloce supera Baguette Racing e vence primeira edição da Le Mans eSports

A Veloce, equipe de eSports, foi a campeã da primeira competição virtual de Le Mans, que contou com mais 11 times que utilizou o Forza Motorsport 7 como plataforma. Premiação total chegava a quase R$ 400 mil

Grande Prêmio / THIAGO IZEQUIEL, de Maricá
Não foi só a Toyota que se saiu vitoriosa no final de semana que marcou a 87ª edição das 24 Horas de Le Mans. Esta foi também a primeira vez que houve uma competição virtual, utilizando do título Forza Motorsport 7, realizada no próprio autódromo de La Sarthe, em um espaço próprio para aqueles que competem nos simuladores. Todo o processo, das classificatórias até a super final, contou com mais de 20.000 participantes, culminando na chegada de 10 times que conquistaram suas vagas em Le Mans, além de outros dois que foram convidados a participar, a Veloce eSports e a SMP.
A equipe Veloce eSports, que conta com o campeão da eROC, James Baldwin, venceu a competição. (foto: reprodução)
 
A Veloce, apesar de ser uma das equipes mais conhecidas do campeonato, não esteve na liderança durante todos os oito rounds que antecederam a final - figurava apenas no quinto lugar da tabela, com uma diferença de 15 pontos para a equipe Baguette Racing e vencendo apenas o sexto round, e ficando em segundo duas vezes nas primeiras corridas.
 
Foi apenas na final que a equipe do campeão da eROC, James Baldwin, em conjunto com os outros atletas virtuais, David Kelly e Noah Schmitz - ambos especialistas no Forza - conquistaram a vitória que lhes daria o primeiro lugar no pódio, o mesmo utilizado pelos vencedores da corrida real, acompanhados da Baguette Racing no segundo lugar e do Kitty Krew, em terceiro.
 
Uma segunda temporada já está sendo preparada e novidades virão em breve. Para os interessados em participar na próxima edição, é necessário se inscrever no site da Le Mans eSports, clicando aqui.
Foram 10 equipes classificadas para a Le Mans eSports e duas equipes convidadas, na final (Foto: Reprodução)

 

Paddockast #22
O que torna uma corrida de qualquer categoria legal? E chata?




Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.