FE

Às vésperas da Roborace, Di Grassi alerta que carros autônomos podem enfraquecer mundo do automobilismo

Lucas Di Grassi acredita que, caso os carros autônomos se popularizem, o público geral perderá o interesse pelo automobilismo. Assim, o que já foi considerado um esporte de massa vai virar um de nicho

Warm Up / Redação GP, de Porto Alegre
Lucas Di Grassi acredita que a popularização dos carros autônomos representa um sério risco para o automobilismo. O atual líder da F-E teme que, sem dirigir, o público perca o interesse pelos carros de corrida. Assim, Di Grassi não descarta um futuro em que o esporte motorizado deixe de interessar às massas.
 
“A ameaça que existe no automobilismo são os veículos autônomos. No futuro, as pessoas como um todo não vão ter a experiência de dirigir normalmente. Então, se você não dirige, você não vai sentir a paixão pelo automobilismo”, avaliou Di Grassi.
 
“O automobilismo ainda vai existir, mas como serão menos pessoas dirigindo vai se tornar um esporte de nicho, não de massa, como acredito que foi nos anos 90 e 2000”, seguiu.
A Roborace será a primeira categoria de carros guiada por inteligência artificial (Foto: F-E)
Os comentários de Di Grassi vem às vésperas da estreia da Roborace, com lançamento marcado para o segundo semestre de 2016. O certame servirá como preliminar das etapas da F-E e, pela primeira vez na história, contará com carros pilotados por inteligência artificial, e não mais pilotos.
 
Lucas deixa claro que não se opõe às tecnologias que compõe o automobilismo. Mas pondera que, neste quesito, tudo tem limite.
 
“Hoje em dia, especialmente em Le Mans, você vê a tecnologia se tornando mais importante do que o piloto. Nenhum piloto quer isso. Automobilismo tem a ver com ser o melhor piloto na pista, não com quem tem a melhor tecnologia. Precisamos deixar aberta a porta, fazer o automobilismo levar ao avanço da tecnologia, manter as montadoras por perto. Mas, ao mesmo tempo, é importante fechar a porta na questão do piloto se tornar irrelevante. O piloto precisa ter o controle do carro”, finalizou.
 
Este final de semana será importantíssimo para Di Grassi: o brasileiro parte para Londres, onde disputará a rodada final da F-E. Com duas corridas pela frente, Lucas tem apenas um ponto de vantagem para Sébastien Buemi.
PADDOCK GP #35 DEBATE MOTOGP, STOCK CAR E FAZ PRÉVIA DA F1 E FINAL DA F-E