FE
29/07/2017 12:07

Buemi acerta chicane com violência nos minutos finais do TL2 em Montreal e danifica carro antes da classificação

Líder do campeonato, Sébastien Buemi viveu um dramático revés nos minutos finais no segundo treino livre em Montreal. O piloto da Renault e.dams escapou na última chicane da pista e acertou a barreira de pneus na saída. O acidente danificou bastante o carro
Warm Up, de Montreal / EVELYN GUIMARÃES, de Montreal / PEDRO HENRIQUE MARUM, do Rio de Janeiro
 Sébastien Buemi bateu feito durante o TL2 em Montreal (Foto: Reprodução)


A disputa pelo título da F-E ganhou um tempero inesperado durante o segundo treino livre para a corrida 1 em Montreal, neste sábado (29). O líder do campeonato, Sébastien Buemi, perdeu o controle na entrada da última chicane e bateu com forçã na barreira de proteção. Sem controle do carro, foi direto no muro da frente. E acabou com a lateral do monoposto, o que deve complicar a vida da equipe francesa para a classificação de logo mais.
 
Buemi destruiu a frente do carro da Renault que era, provavelmente, a máquina com a qual participaria da classificação. De qualquer forma, a batida preocupa demais para o resto do dia do suíço. São quase cinco horas até a corrida, mas os estragos foram fortíssimos.
Sébastien Buemi bateu feito durante o TL2 em Montreal (Foto: Reprodução)

No momento em que não conseguiu contornar a curva e acertou o muro, Buemi imediatamente colocou as mãos na cabeça. Depois, analisou o problema que havia causado dentro do carro. O piloto estava claramente desolado, mas sem qualquer ferimento.
 
"Toquei o muro por dentro da última chicane e me empurrou para o muro seguinte. Danificou bastante o carro. Fiquei um pouco confuso na hora, mas estou bem", explicou em entrevista à transmissão oficial da F-E. "Eu danifiquei o monocoque", admitiu.
 
"Muito trabalho, porque temos consertar todo o carro. Temos cinco horas, será bem difícil. Mas toda a equipe vai se juntar como apenas uma. O bom é que temos dois carros para largar às 17h", falou o chefe da Renault e.dams, Jean-Paul Driot. "Foi apenas um erro, ele estava numa volta rápida e passando muito perto dos muros. Ele tocou um muro na parte de dentro, virou e acertou o outro muro."
 
A classificação começa às 13h (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha a etapa de Montreal 'in loco'.
CASO VÁ BEM EM TESTE, KUBICA DEVE VIRAR TITULAR DA RENAULT JÁ A PARTIR DO GP DA BÉLGICA"