FE

Buemi despacha rivais e domina primeira bateria do eP de Londres. Di Grassi e Piquet se tocam e ficam fora do pódio

Se havia alguma dúvida de que a briga está tremendamente aberta entre os três líderes do campeonato, Sébastien Buemi fez questão de provar. Ele venceu a prova, anotou 25 pontos contra dez de Nelsinho e cortou para cinco pontos a diferença
Warm Up / PEDRO HENRIQUE MARUM, do Rio de Janeiro
Se havia alguma dúvida de que a briga está tremendamente aberta entre os três líderes do campeonato, Sébastien Buemi fez questão de provar. Dominante por completo desde a primeira bandeira verde, o suíço nunca foi contestado na pista e ganhou com sobras. Com o quinto lugar de Nelsinho Piquet, agora está a cinco pontos da liderança.

Falando em Piquet, ele saiu no quarto posto e assim que chegou em Lucas Di Grassi fez uso do seu primeiro traço de fanboost. Abriu e deu a sensação de que passaria, mas Lucas não aliviou, manteve a porta fechada em um lance de corrida e evitou a sofrer a ultrapassagem - mas não o toque. Os dois se estranharam, e Nelsinho ficou para trás e foi passado por um astuto Jean-Éric Vergne.
Buemi e D'Ambrosio na guerra de champanhe (Foto: AP)
Como pau que dá em Chico dá em Francisco, diria o ditado popular, Vergne rapidamente chegou em Di Grassi e o passou também. O piloto da Audi ABT pressionaria o francês no fim, mas sem sucesso de retomar a posição. Bom para Lucas que a volta mais rápida ficou com ele. No segundo lugar, Jérôme D'Ambrosio teve uma prova um tanto quanto tranquila, sem nunca ser pressionado por Vergne ou atacar Buemi.

Piquet, aliás, fez nova tentativa sobre Di Grassi nas voltas finais. Mas dessa vez acionou o fanboost no lugar errado e não teve chances reais de passar. Teve de se contentar com os dois pontos e a quinta posição na prova mesmo.

Agora apenas uma corrida para o fim da temporada, neste domingo, e Piquet chega com uma liderança de 138 pontos contra 133 de Buemi e 125 de Di Grassi.

O que não há mais como mudar é o título da e.dams, primeira campeã do Campeonato de Equipes da F-E. Mais uma para a longa conta de conquista da Dams, da Renault e, óbvio, de Alain Prost no automobilismo.

Confira como foi a corrida:

As mudanças no traçado da pista montada em meio ao Parque Battersea fizeram com que a organização, por um motivo de segurança, optasse por largar em safety-car. 
 
Depois da bandeira verde ao fim da primeira volta, Sébastien Buemi começou a abrir para Jérôme D'Ambrosio. Em uma volta já se via 0s8 à frente do segundo colocado.
 
Para não deixar o rival escapar, Nelsinho Piquet se utilizou do seu fanboost para margulhar para cima de Lucas Di Grassi na melhor chance que tinha. O arquirrival não abriu a porta e os dois se tocaram, com Piquet levando a pior. Além de não passar, ainda perdeu o quarto posto para Jean-Éric Vergne.



Fora da briga, mas não fora da corrida, Vergne mostrou que está bem preparado para incomodar. Numa pista onde as ultrapassagens são improváveis, ele fez a volta mais rápida no sexto e preparou para passar Lucas no sétimo. Duas passadas do francês, que logo correu para cima de D'Ambrosio.
Dez voltas de prova, e Buemi dando um passo enorme para vencer o eP de Londres. 2s260 de sobra para um D'Ambrosio mais preocupado pela provável aproximação de Vergne. Atrás, Di Grassi e Piquet se mantinham em distância segura um do outro.
 
E não é que Buemi ainda apertava mais? Volta mais rápida da prova para ele no 11º giro. De novo no 12º.
 
Enquanto isso, Oliver Turvey, estreando, fazia o melhor papel para o piloto do carro #88 da China. Se em Mônaco Charles Pic foi oitavo, Turvey conseguia se manter na sétima colocação de forma sólida.
 
Piquet, que durante toda a temporada tem tido como uma das suas forças o gerenciamento de energia, tinha apenas 11% restante de força no carro.
 
As paradas nos boxes começaram no giro 15. Vergne, Di Grassi e Piquet foram e voltaram nas mesmas posições. Na 16, os outros primeiros colocados trataram de ir. Buemi, D'Ambrosio, Nicolas Prost e Bruno Senna. Também voltaram das trocas de carro sem mudanças de posição.
 
Se Buemi teve problemas e punição nos boxes em Moscou, as operações foram perfeitamente corretas em Londres.
 
A volta 17 de Daniel Abt merece pontuação. Sofreu ultrapassagens de Turvey, Stéphane Sarrazin - ambas com erros - além de Salvador Durán por fora, e acabou batendo na sequência. O jovem piloto alemão precisa de muito mais do que mostrou na primeira temporada. Quase ao mesmo, Sakon Yamamoto também viu sua Amlin Aguri parar na pista. E o safety-car foi chamado.
A corrida chega na 20ª de 29 voltas em safety-car e tinha Buemi, D'Ambrosio, Vergne, Di Grassi, Piquet, Prost, Senna, Loïc Duval, Nick Heidfeld e Sam Bird no top-10. 
 
Safety-car de volta na 21 e bandeira verde com todos próximos. Buemi voltava a abrir, e Piquet se aproximava de Di Grassi. Vergne, com isso, ficava sossegado na terceira colocação, já que não se aproximava de D'Ambrosio.
 
Na 25, Piquet usou seu segundo e último vestígio de fanboost no ataque a Piquet, mas de forma precipitada. Chegou bem próximo, mas não conseguiu ultrapassar. 

Após se safar de Piquet, Di Grassi tentou uma pressão em Vergne nas voltas 27 e 28, mas nada feito. O brasileiro tem mesmo de se alegrar com os dois pontos pela melhor volta da pista. 
 
No fim das contas, tudo como antes. Buemi, D'Ambrosio, Vergne, Di Grassi, Piquet, Bird, Prost, Duval, Turvey e Sarrazin formaram o top-10.

F-E, eP de Londres, Corrida 1, Classificação:

1 SÉBASTIEN BUEMI SUI E.DAMS 29 voltas  
2 JÉRÔME D'AMBROSIO BEL DRAGON +0.939  
3 JEAN-ÉRIC VERGNE FRA ANDRETTI +1.667  
4 LUCAS DI GRASSI BRA AUDI ABT +2.409  
5 NELSINHO PIQUET BRA CHINA +7.370  
6 SAM BIRD ING VIRGIN +7.762  
7 NICOLAS PROST FRA E.DAMS +8.553  
8 LOÏC DUVAL FRA DRAGON +9.507  
9 OLIVER TURVEY ING CHINA +10.032  
10 STÉPHANE SARRAZIN FRA VENTURI +12.077  
11 SIMONA DE SILVESTRO SUI ANDRETTI +15.946  
12 KARUN CHANDHOK IND MAHINDRA +35.595  
13 NICK HEIDFELD ALE VENTURI +41.034  
14 FABIO LEIMER SUI VIRGIN +42.697  
15 JARNO TRULLI ITA TRULLI +43.273  
16 BRUNO SENNA BRA MAHINDRA +48.423  
17 SALVADOR DURÁN MEX AMLIN AGURI +1:01.987  
18 ALEX FONTANA SUI TRULLI +4 voltas NC
19 DANIEL ABT EUA AUDI ABT +14 voltas NC
20 SAKON YAMAMOTO JAP AMLIN AGURI +14 voltas NC