FE
02/02/2016 12:37

Cinco anos após encerrar carreira na F1 em grave acidente, Kubica estuda volta aos monopostos pela F-E

Segundo a revista alemã 'Auto Bild', Robert Kubica está “procurando ativamente” por um espaço na F-E, o que, se concretizado, significará o retorno do polonês aos monopostos cinco anos após um grave acidente numa prova de rali em Andorra encerrou sua promissora carreira na F1
Warm Up / Redação GP, do Rio de Janeiro
 Robert Kubica (Foto: Getty Images)

Apertem os cintos: Robert Kubica está de olho na F-E. O piloto polonês, que tinha uma carreira promissora na F1 antes de um grave acidente de rali às vésperas da temporada 2011, está fora dos monopostos desde então.
 
A informação é da revista alemã 'Auto Bild'. Segundo a publicação, "há um rumor forte de que Kubica está ativamente atrás de uma vaga na F-E". O que a revista garante é que Kubica não tem patrocínio o bastante para seguir no Mundial de Rali após a etapa de Monte Carlo - de onde saiu rápido, após mais uma de suas batidas
Robert Kubica pode voltar aos monopostos (Foto: Rally of Poland/Facebook)
"Sinto muito por confirmar que não vou participar no Rali da Suécia deste ano", disse o próprio piloto em sua conta oficial no Facebook.
 
Kubica foi o quarto colocado no Mundial de F1 de 2008, então na BMW, chegando a vencer numa inesperada dobradinha com Nick Heidfeld no GP do Canadá. Havia grandes expectativas sobre o que poderia fazer na sua segunda temporada pela Renault em 2011, mas os danos que o acidente deixou em uma de suas mãos foram severos demais. 

O acidente de 2011, enquanto participava da Rodada de Andorra, foi muito grave por conta do guard-rail ter invadido o Skoda Fabia pilotado por Kubica. De lá, saiu de helicóptero para um hospital em Savona, onde foi constatada amputação parcial do antebraço e fraturas expostas no cotovelo direito, entre outras lesões por todo o corpo.
O Skoda Fabia de Kubica foi destruído por um guard-rail no acidente de 2011 (Foto: AP)
Apesar do título do WRC-2 em 2013, ano em que voltou a competir, Kubica se manteve fora dos carros de monoposto por conta da mão, que está em recuperação mais avançada atualmente. 
 
A F-E tem constante mudanças de pilotos durante a temporada, mas se isso apenas não for o bastante, talvez Kubica possa se entender com a Jaguar, estreante da próxima temporada. 

Buenos Aires recebe a próxima etapa da F-E, no próximo dia 6 de fevereiro, enquanto a folia momesca sacode o Brasil.
 
VEJA NA ÍNTEGRA A EDIÇÃO #14 DO PADDOCK GP