FE
30/07/2017 10:00

Depois de vencer corrida 1, Di Grassi sobra e coloca 0s6 em cima de Buemi no terceiro treino livre em Montreal

Lucas Di Grassi dominou a terceira sessão de treinos livres da F-E na manhã deste domingo (30) em Montreal. O brasileiro sobrou na primeira atividade do dia e impôs mais de meio segundo de diferente em Sébastian Buemi. Os dois decidem o título logo mais
Warm Up, de Montreal / EVELYN GUIMARÃES, de Montreal
 Lucas Di Grassi liderou o terceiro treino livre da F-E em Montreal (Foto: Fórmula E)

Lucas Di Grassi começou a manhã deste domingo (30) da mesma maneira que terminou o sábado. Ou seja: na frente. O brasileiro da Abt Audi comandou o terceiro treino livre para a segunda corrida do eP de Montreal, a 12ª rodada da temporada 2016/2017 da F-E. O agora líder do campeonato andou ainda mais veloz que ontem e fechou a sessão desta manhã canadense e 1min21s442. A marca foi 0s398 melhor que a feita por Nicolas Prost. Sébastien Buemi, que agora corre para tentar o bicampeonato, completou o top-3.
Lucas Di Grassi liderou o terceiro treino livre da F-E em Montreal (Foto: Fórmula E)
Confira como foi o terceiro treino livre da F-E em Montreal 
 

A cidade de Montreal amanheceu ensolarada e quente neste domingo. As temperaturas novamente ultrapassaram facilmente os 25ºC. E  o céu segue sem nuvens como nos últimos dias. E foi diante deste cenário em pleno verão no hemisfério norte que os pilotos da F-E ganharam a pista, em mais uma sessão preparatória para a segunda e decisiva corrida do campeonato, que agora tem Lucas Di Grassi na ponta depois da importante vitória de ontem. Sébastien Buemi perdeu a liderança depois de viver um dia de infortúnios.
 
Dito isso, vamos à ação. Tão logo o sinal verde autorizou a entrada dos carros no circuito montado no centro de Montreal, todo mundo iniciou seus stints. Apenas a dupla Dragon demorou mais para sair. Neste tempo, Robin Frijns, Sam Bird and Loïc Duval se colocaram na ponta da tabela, mas ainda andando longe dos tempos de ontem. Isso foi até Félix Rosenqvist começar a andar na casa de 1min22s.
 
Aí a sessão passou a acompanhar um revezamento na ponta: Bird apareceu bem virando um décimo abaixo do sueco. Quem veio na balada também foi Nelsinho Piquet, que se colocou em segundo.
 
Mas essa formação não durou muito. Logo Buemi assumiu a ponta, trazendo Jean-Éric Vergne e Prost. Apenas dois décimos separavam o top-5, que tinha Di Grassi também em quarto. Minutos depois, todos começaram a usar toda a potência em uma quase simulação de classificação. E foi aí que o novo líder do campeonato apareceu forte, tomando a frente, aproveitando a melhora do asfalto. 
 
No fim, o brasileiro da Abt Audi cravou 1min21s442, impondo uma confortável vantagem de quase 0s4 para Prost. A diferença para Buemi foi ainda maior: 0s691. António Félix da Costa e Rosenqvist completaram o top-5. Piquet terminou a sessão em 16º.
 
Logo mais, a partir das 11h30 (de Brasília), os carros voltam à pista para o quarto e último treino antes da classificação. O GRANDE PRÊMIO cobre 'in loco' o eP de Montreal.

F-E, eP de Montreal, Treino livre 3:

1 LUCAS DI GRASSI BRA AUDI ABT 1:21.442   24
2 NICOLAS PROST FRA RENAULT 1:21.840 +0.398 24
3 SÉBASTIEN BUEMI SUI RENAULT 1:22.133 +0.691 24
4 ANTONIO FÉLIX DA COSTA POR ANDRETTI 1:22.550 +1.108 21
5 FELIX ROSENQVIST SUE MAHINDRA 1:22.607 +1.165 26
6 JOSÉ MARÍA LÓPEZ ARG VIRGIN DS 1:22.666 +1.224 21
7 SAM BIRD ING VIRGIN DS 1:22.714 +1.272 22
8 MITCH EVANS NVZ JAGUAR 1:22.874 +1.432 21
9 JÉRÔME D'AMBROSIO BEL DRAGON 1:23.002 +1.560 20
10 JEAN-ÉRIC VERGNE FRA TECHEETAH 1:23.025 +1.583 24
11 DANIEL ABT ALE AUDI ABT 1:23.231 +1.789 21
12 LOÏC DUVAL FRA DRAGON 1:23.347 +1.905 20
13 OLIVER TURVEY ING NEXTEV 1:23.356 +1.914 22
14 ADAM CARROLL NIR JAGUAR 1:23.388 +1.946 18
15 STÉPHANE SARRAZIN FRA TECHEETAH 1:23.402 +1.960 24
16 NELSINHO PIQUET BRA NEXTEV 1:23.547 +2.105 19
17 TOM DILLMANN FRA VENTURI 1:23.784 +2.342 25
18 MARO ENGEL ALE VENTURI 1:23.887 +2.445 28
19 ROBIN FRIJNS HOL ANDRETTI 1:23.930 +2.488 20
20 NICK HEIDFELD ALE MAHINDRA 1:23.977 +2.535 23
 
CASO VÁ BEM EM TESTE, KUBICA DEVE VIRAR TITULAR DA RENAULT JÁ A PARTIR DO GP DA BÉLGICA"