FE
12/06/2018 08:07

Renault cita “temporada frustrante”, anuncia demissão de Prost ao fim de 2017/18 e deixa vaga em aberto

A Renault optou por romper com Nico Prost, que vive temporada difícil na FE, aparecendo apenas em 18º no Campeonato de Pilotos. O francês defendeu a equipe desde 2014/15, alcançando três vitórias ao longo do tempo
Warm Up / VITOR FAZIO, de Porto Alegre
 Nico Prost (Foto: Renault)

Depois de quatro temporadas, a Renault vai alterar a dupla de pilotos pela primeira vez na FE. A equipe anunciou na manhã desta terça-feira (12) a decisão de romper o contrato com Nico Prost, citando uma temporada 2017/18 “frequentemente frustrante”.
 
Prost vive uma temporada particularmente frustrante na FE. O francês somou apenas 7 pontos até aqui e é apenas 18º no Campeonato de Pilotos. Antes primando pela regularidade, o francês ficou entre os seis primeiros por três temporadas seguidas. Foi esse nível de desempenho, combinado com o alto número de vitórias de Sébastien Buemi, que transformou a escuderia em uma gigante do certame elétrico.
 
“Nicolas foi um dos pilares para a criação da Renault e.dams”, disse Jean-Paul Driot, dono da e.dams. “Ao lado do Sébastien Buemi, eles formaram uma dupla de pilotos que se completava. Os dois queriam a performance do coletivo. Tivemos grandes momentos, principalmente com três títulos no campeonato de equipes, que recompensaram o esforço dos dois. Chegou a hora de virar a página após um temporada frequentemente frustrante, às vésperas do começo de uma nova era na história da FE. Desejamos muito sucesso ao Nicolas no futuro”, seguiu.
Nico Prost perdeu a vaga na Renault (Foto: Renault)

Para Nico, o momento é de reflexão e de decisão a respeito do futuro da carreira. O francês quer anunciar planos “em breve”, mas não confirma a permanência no grid da FE.
 
“As boas memórias são várias, como minhas três vitórias e três títulos no campeonato de equipes. É claro que a quarta temporada não foi boa, e agora acreditamos que é hora de tomar um rumo diferente. Desejo toda a sorte do mundo ao pessoal da e.dams. Agora estou ocupado pensando nos meus novos planos, que espero anunciar em breve”, encerrou Nico.
 
A Renault ainda não traz nenhum indicativo de quem será o substituto de Prost para formam dupla com Buemi. A vaga, uma das mais cobiçadas da categoria, fica sem dono por enquanto.
 
A saída de Nico Prost vem dois meses após o rompimento do pai e ex-piloto Alain Prost com a Renault e.dams. A própria montadora francesa também está de saída, abrindo caminho para a chegada da Nissan na temporada 2018/19.