11º, Senna alerta para risco de acidente na 1º curva de Austin e vê Williams competitiva no GP dos EUA

Com sua melhor volta em 1min37s604, Bruno Senna conquistou o 11º lugar no grid de largada do GP dos Estados Unidos. Brasileiro alertou para risco de acidente na primeira curva e afirmou que tem um carro competitivo

 

► Confira as melhores imagens da F1 neste sábado em Austin

Bruno Senna ficou com o 11º lugar no grid de largada do GP dos Estados Unidos neste sábado (17). O piloto da Williams anotou 1min37s604 em seu melhor giro no Q2 e vai largar logo atrás de Pastor Maldonado, seu companheiro de equipe. 
 

Senna destacou bom ritmo da Williams em Austin (Foto: Williams/ Lorenzo Bellanca/LAT Photographic)
Após a sessão, o piloto concedeu uma rápida entrevista à TV Globo, e destacou a evolução da pista ao longo do fim de semana, mas afirmou que um pequeno erro, pode custar muito tempo aos pilotos. 
 
“A pista evoluiu bastante”, ressaltou. “É um traçado muito mais largo agora, mas quando você põe o pneu na grama artificial, o pneu suja rápido e suja muito e não limpa até a próxima curva, então as vezes se você dá uma passadinha a mais na curva, você perde muito tempo”, explicou. 
 
“Eu perdi bastante tempo na minha volta, foi frustrante, eu estava em uma volta boa, mas, enfim, pelo menos estamos em 11º, dá para fazer uma corrida bem mais forte dali do que lá para trás”, continuou. 
 
Mesmo insatisfeito com sua posição no grid de largada, Senna afirmou que a Williams tem um carro competitivo para o GP dos Estados Unidos, mas alertou para o risco de acidentes na primeira curva do estreante circuito texano. 
 
“O carro está muito competitivo, ontem nós fizemos bastante coisa, o carro estava bem forte, então temos de olhar para a corrida amanhã com boa esperança”, frisou. “Manter, com certeza, o carro intacto na primeira curva, porque tem muita chance de dar acidente lá e esperar que tudo dê certo amanhã”, concluiu. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube