2º, Rosberg nega ter quebrado ordem da Mercedes ao atacar Hamilton: “Foi apenas: ‘caras, tragam os carros até o fim'”

Paddy Lowe, diretor-técnico da Mercedes, pediu via rádio para que seus pilotos trouxessem os carros "para casa" após relargada no Bahrein. O que se viu, no entanto, foi um intenso duelo pela vitória entre Nico Rosberg e Lewis Hamilton. "Pode ter parecido na TV, mas em nenhum momento houve risco de colocar os carros para fora"

Diante da incrível disputa interna da Mercedes pela vitória no Bahrein, seria injusto afirmar que o derrotado, Nico Rosberg, teve atuação digna de um justo perdedor. Pelo contrário.
 
Embora tenha perdido a liderança para Lewis Hamilton logo na largada, o alemão manteve o ritmo forte, seguiu o inglês de perto o tempo todo e tentou de forma árdua superar seu parceiro de time, chegando a liderar o GP deste domingo (6) por alguns metros em pelo menos duas oportunidades. A vitória, contudo, não veio.
 
Mas isso, claramente, não se deve a nenhuma ordem de equipe. Ainda que Paddy Lowe, diretor-técnico da Mercedes, tenha pedido via rádio para seus pilotos trazerem os carros em segurança “para casa”, o duelo foi livre. É o que diz o piloto do carro #6.
A disputa entre Hamilton e Rosberg foi intensa (Foto: Getty Images)

“Eu estava bem consciente de que todo mundo estava pensando em ordens de equipe, mas não foi nada disso. Foi apenas: ‘caras, tenham certeza de trazer os carros até o fim’. A mensagem foi clara”, afirmou um resignado Rosberg após a corrida.

 
“Tivemos uma disputa dura, mas com o respeito necessário. Estivemos livres para duelar o tempo todo. Em nenhum momento houve um risco de colocar os carros para fora. Pode não ter parecido isso na TV, mas foi bom de perto”, destacou.
 
Mesmo concentrado, contudo, Nico teve tempo de contar quantas vezes tentou tomar a liderança de Hamilton em Sakhir. “Acho que ataquei ele nove vezes, mas ele sempre se manteve à frente. Lewis fez um bom trabalho, e é isso. É um grande piloto e fez isso funcionar. Da próxima vez, preciso fazer melhor”, encerrou.
 
Rosberg é o líder do campeonato, com 61 pontos – 11 a mais que Lewis.
 
 
Viaje para Mônaco e acompanhe o GP mais tradicional do Mundial da F1 com o GRANDE PRÊMIO por um PREÇO ESPECIAL. Veja o pacote aqui:

Foto: Mais uma novidade nesta semana de início da F1: leitor/seguidor do GRANDE PRÊMIO tem preço especial na compra dos pacotes com a AMK Viagens. Já pensou em ir para Mônaco e acompanhar essa <a href=F1 imprevisível no glamour do Principado? Dica de amigo: dá uma olhadinha, fala com os amigos e entra em contato com o Edgar Efeiche para uma viagem em alta velocidade: http://www.amkviagens.com.br/2011/index.php/terrestres_internacionais/ver/104" src="https://fbcdn-sphotos-h-a.akamaihd.net/hphotos-ak-frc3/t1/s843x403/1239391_634676119915289_405699877_n.jpg" style="border: none;vertical-align: baseline;background-color: transparent;margin: 0px;padding: 0px;height: 241px;width: 650px"/>

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube