2º, Bottas desabafa após outra pole de Hamilton: “É difícil conseguir voltas perfeitas”

Valtteri Bottas ficou próximo da pole no GP de Portugal e nem tentou a última volta. Lewis Hamilton veio depois e assegurou a melhor marca no circuito de Portimão

+Do Canadá/2007 a Eifel/2020: como Hamilton alcançou Schumacher em número de vitórias

+Do McLaren MP4-22 ao Mercedes W11: os carros vencedores de Hamilton na F1

Após dominar todos os treinos livres, a pole position para o GP de Portugal parecia certa para Valtteri Bottas, com a melhor volta anotada a poucos segundos do fim da classificação. Logo depois, porém, foi superado pelo companheiro Lewis Hamilton.

Para Bottas, restou decepção. O finlandês ficou pensando no que poderia ter feito diferente na última parte do treino em Portimão, mas não se arrependeu da decisão tomada.

“No fim, decidimos ir para a pista com os pneus médios. Anteriormente, na classificação, os médios pareciam um pouco mais rápidos que os macios. Então, havia a escolha de fazer duas voltas rápidas ou ter uma volta de desaceleração no meio delas. Eu fui com tudo e minha decisão era fazer uma tentativa, que funcionou no Q2”, disse Bottas.

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

Valtteri Bottas perdeu a pole após a bandeirada quadriculada da classificação (Foto: Beto Issa)

“Foi uma volta decente, não perfeita. É difícil conseguir voltas perfeitas”, seguiu o piloto da Mercedes.

Bottas ainda pensou no que pode fazer no GP de Portugal, neste domingo. Ele acredita que há uma chance na largada, mesmo partindo da posição com menos aderência no circuito português.

“Seria legal largar na parte limpa do traçado, em primeiro, mas vou fazer o que for possível da segunda posição”, finalizou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube