3º, Vettel admite que última volta “não foi ótima”, mas mantém otimismo em Singapura

Sebastian Vettel chegou a ser pole provisório, mas caiu para terceiro ao errar na volta decisiva do Q3. Mesmo atrás de Charles Leclerc e Lewis Hamilton, o alemão ainda se sente em “uma boa posição” para o GP de Singapura

Sebastian Vettel chegou a pintar como favorito à pole-position em Singapura neste sábado (21) após uma volta incrível no começo do Q3, assumindo a liderança provisória. O que se viu depois foi um tanto decepcionante, com a queda para o terceiro lugar no grid após uma volta final ruim. Mesmo sem externar tristeza, o tetracampeão reconhece que não fez um trabalho “ótimo”.
 
“A parte final do Q3 não foi ótima, mas tem vezes que as coisas são assim”, disse Vettel. “Nós fomos rápidos aqui hoje e sempre é divertido aqui, de um jeito ou de outro. Fico ansioso por amanhã”, seguiu.
 
Vettel conseguiu volta 0s3 melhor que a de Leclerc na primeira tentativa, o que dava uma margem confortável para se manter em alta na segunda. Só que o alemão não contava com outra atuação tremenda do monegasco, que melhorou 0s5 num giro só. Sebastian ainda acabou superado também por Lewis Hamilton.
Sebastian Vettel larga em terceiro em Singapura (Foto: AFP)

“A tentativa final deveria ser melhor. Eu estava feliz com o carro, mas provavelmente cheguei no topo cedo demais, porque a pista estava melhorando. Não fazia sentido terminar a volta porque estava muito atrás, mas ainda estamos em uma boa posição para amanhã. Certamente vai ser diferente amanhã. Deve ser uma boa corrida. Veremos como vai ser a corrida, se vamos conseguir acelerar por duas horas ou se vamos cuidar dos pneus”, encerrou.

 
O GP de Singapura, 15ª etapa da temporada da F1, acontece neste domingo às 9h10 (de Brasília).
 

GRANDE PRÊMIO acompanha tudo sobre o GP de Singapura de Fórmula 1 AO VIVO e em TEMPO REALSiga tudo aqui.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar