Pérez aposta em largada e ritmo de corrida para “quem sabe pular para frente”

Piloto mexicano, que chegou a sonhar com 1-2 da Red Bull até ser ultrapassado por Hamilton e Bottas nos minutos finais do Q3, sabe que precisa melhorar ritmo de classificação para andar mais perto de Verstappen

Se de um lado Max Verstappen ficou satisfeito com a classificação para o GP da França de Fórmula 1, o mesmo não se pode dizer do outro carro da Red Bull. Sergio Pérez deixou um certo ar de insatisfação neste sábado (19), com a quarta posição no grid, enquanto seu companheiro largará na pole-position.

Vindo de vitória, no GP do Azerbaijão, Pérez esperava afastar de vez os altos e baixos que o colocaram, inclusive, sob pressão na Red Bull. O próprio piloto mexicano, que ainda busca melhor adaptação ao RB16B, sabe que precisa melhorar a classificação para ter mais chances na corrida. 

GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do fim de semana do GP da França, em Paul RicardAO VIVO e EM TEMPO REAL. A corrida está marcada para as 10h (de Brasília) do domingo.

Sergio Pérez, GP da França,
Pérez espera voar com Red Bull nas longas retas de Paul Ricard (Foto: Divulgação/Red Bull Content Pool)

“Muita coisa pode acontecer. Então, é importante permanecer no bolo desde a primeira volta e quem sabe pular para frente”, disse Checo, ainda um tanto desanimado com a sua performance no treino.

Já na parte final do Q3, quando Max já havia cravado a pole, Pérez, com uma diferença de 0s455, chegou a sonhar com uma dobradinha da equipe ao fazer o segundo melhor tempo. O piloto, no entanto, foi superado primeiro por Bottas (+0s386 em relação a Verstappen) e depois por Hamilton (+0s258), caindo então para a quarta colocação.

Apesar do resultado, o #11 confia no potencial do carro nas longas retas de Paul Ricard. A estimativa é que a Red Bull seja até 0s2 mais rápida que a rival Mercedes em reta. Por isso, Pérez sabe que precisa andar próximo dos adversários para recuperar o terreno perdido. 

Checo largou à frente de Max apenas uma vez nas sete classificações até aqui na temporada 2021 da F1. A única ocasião até agora foi logo na segunda corrida, no GP da Emilia-Romanha. 

O mexicano é o terceiro no Mundial de Pilotos, com 69 pontos, atrás de Verstappen (105) e Hamilton (101).

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar