5 coisas que aprendemos no GP do Azerbaijão, 4ª etapa da Fórmula 1 2023

Um safety-car foi o bastante para transformar o que poderia ser vitória fácil de Max Verstappen no GP do Azerbaijão num triunfo sem muito drama para Sergio Pérez, o 'Rei das ruas'

Sergio Pérez conquistou mais uma vitória em um circuito de rua na carreira no GP do Azerbaijão. Neste domingo (30), o mexicano, especialista em pistas urbanas, brilhou em Baku, aproveitando um safety-car na hora certa e ditando bem o ritmo, sem dar chances para os ataques de Max Verstappen, segundo colocado e prejudicado justamente pela intervenção do carro de segurança quando havia acabado de parar. Antes, o holandês puxava a fila.

Charles Leclerc, mesmo longe da performance da Red Bull, ainda conseguiu salvar um pódio para a Ferrari, o primeiro dos italianos em 2023. Fernando Alonso fez mais uma ótima corrida, mas perdeu a invencibilidade em top-3 no ano, ficando em quarto.

Relacionadas


Carlos Sainz, apagado de novo, ficou em quinto, enquanto Lewis Hamilton, Lance Stroll e George Russell fecharam um top-8 previsível e equilibrado no pelotão Aston Martin/Mercedes.

Lando Norris e Yuki Tsunoda fecharam o grupo dos pontos, mas em tardes bem pouco chamativas de suas equipes. A Alpine foi um desastre e zerou no Azerbaijão.

Sergio Pérez foi para o lugar mais alto do pódio do Azerbaijão (Foto: Red Bull Content Pool)

Diante deste cenário, o GRANDE PRÊMIO aponta cinco coisas que aprendemos na quarta etapa da F1 2023, no Azerbaijão:

O nível da temporada segue preocupando: mais uma corrida ruim

Não pode ser bom sinal o GP da Austrália ficar como melhor corrida de uma temporada que já teve quatro etapas, né? Mas é um péssimo sinal quando a gente repara que já foram Bahrein, Arábia Saudita e agora Azerbaijão, todas provas que costumam ser interessantes. A corrida em Baku foi bem chata de novo, é um início de campeonato duríssimo de assistir. Falta tudo, do domínio da Red Bull a uma falta impressionante de disputas mais divertidas entre as equipes na pista.

Pérez, o rei das ruas! É assim que pode sonhar em 2023

Para ter qualquer chance de desafiar Verstappen, Pérez precisa ser impecável nas pistas em que tem bom retrospecto. E, convenhamos, o bom retrospecto do mexicano está inteiro nos traçados de rua. A sexta vitória da carreira veio em Baku, a quinta em um traçado urbano, marca impressionante. Claro que Checo vai ter de crescer bem seu nível nos circuitos permanentes, mas vencer sempre na rua vai ser fundamental. Maio é um mês crucial para ele, Miami e Mônaco vindo aí. Será?

Max Verstappen foi ofuscado por Pérez em Baku (Foto: Red Bull Content Pool)

Sinal de alerta para Verstappen. Muito favorito? Sim. Tricampeão? Ainda não

Tudo bem, eu sei que o leitor acha Verstappen muito favorito ao título. Nós também achamos, tudo certo. Mas é inegável que a coisa está ficando minimamente interessante na briga com Pérez. O mexicano empatou a disputa em vitórias, colou em pontos, vai cumprindo seu papel. Possível que a magia toda acabe em Ímola, Barcelona e outras pistas permanentes? Muito, mas a realidade do momento aponta um bom 93×87 a favor de Max.

Ferrari e o copo meio cheio e meio vazio em Baku

A Ferrari tem dois lados da moeda para olhar no Azerbaijão. Um deles é ruim: segue muito abaixo da Red Bull, a ponto de não ter qualquer chance de disputar vitórias sem problemas grandes dos austríacos. Só que existem coisas boas a serem tiradas: em relação ao que apresentaram Mercedes e Aston Martin, os italianos foram superiores e o pódio conquistado é bem justo. Isso sem falar nas poles de Leclerc. Nada perto da Red Bull, sim, mas há vida.

Aston Martin e Mercedes: apenas razoáveis, mas recuperaram terreno

Para uma que começou com DRS quebrado e a outra que quase ficou com os dois carros derrubados no Q2, o fim da etapa foi decente, sim. Alonso, sempre ele, foi o melhor dos quatro pilotos dos times, em mais uma grande atuação. Mas a sensação passada ao menos foi de competitividade, já mais próximas da Ferrari e muito longe dos times da ‘F1 B’.

Fórmula 1 faz longa viagem e já retorna na semana que vem, entre os dias 5 e 7 de maio, com o GP de Miami, primeira de três etapas do ano nos Estados Unidos.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.