5º na Itália, Bottas lastima “carro bem estranho” e “primeira volta bagunçada”

Valtteri Bottas foi discreto no GP da Itália. Após largar mal, o finlandês ficou preso no meio do pelotão e não passou da quinta colocação. O resultado, segundo o piloto da Mercedes, foi resultado de um carro com desempenho abaixo do esperado

Valtteri Bottas fez boa classificação e ficou apenas 0s069 atrás do pole position Lewis Hamilton. As expectativas, portanto, eram altas para a corrida. O piloto da Mercedes, porém, largou mal, não conseguiu ultrapassar rivais e terminou apenas na quinta posição.

Na largada, Bottas já saiu mal em Monza e caiu para terceiro, superado pela McLaren de Carlos Sainz. Na sequência, também foi ultrapassado por Lando Norris, Sergio Pérez e Daniel Ricciardo, mantendo-se em sexto por um bom período – até a bandeira vermelha causada pelo acidente de Charles Leclerc.

A largada ruim foi explicada pelo finlandês. Segundo ele, novamente hesitou para não levar uma punição, como já tinha acontecido neste ano no GP da Hungria.

“Sim, tive um problema com a reação. Testamos uma nova forma de largada, no protocolo que usamos. Mudamos um pouco e isso tem sido um problema. Não posso dar mais detalhes, mas quase saí antes das luzes apagarem, então demorei para reagir depois”, afirmou

No fim da primeira volta, o finlandês reclamou no rádio dizendo que tinha um furo no pneu, mas a Mercedes disse que não havia problemas no carro. Bottas, então, explicou-se sobre o momento.

“Tive dois contatos. Um na curva 2 e outro maior na 5. Na sexta curva, estava por fora e saí de traseira e pareceu um furo no pneu. O carro estava sem equilíbrio, então eu estava convencido disso. Ainda não discutimos sobre isso, mas o veículo estava bem estranho e foi uma primeira volta bagunçada”, prosseguiu.

Na relargada, o piloto da Mercedes partiu no meio do pelotão e pouco fez. Com desempenho ruim, ficou preso atrás de carros mais lentos e não conseguiu superar a McLaren de Lando Norris na fase final da prova.

Com o quinto lugar, Bottas subiu para a vice-liderança do campeonato, mas está 47 pontos atrás de Lewis Hamilton, que terminou em sétimo lugar em Monza.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube