6º, Massa se diz frustrado, mas tenta manter otimismo para prova: “Este circuito sempre reserva surpresas”

Felipe Massa pode ter conquistado um resultado melhor na classificação deste sábado (22) do que nos treinos livres, mas isso ainda não é suficiente para o piloto. Largando em sexto, o piloto credita a terceira fila no grid aos setores lentos que teve em sua volta

 Felipe Massa não se deixou abalar pelos treinos livres do início do final de semana, mostrando recuperação neste sábado (22) de treino classificatório. Após não mostrar resultados muito expressivos durante os primeiros ensaios da etapa belga, o piloto conquistou o sexto posto do grid de largada em Spa-Francorchamps.

Massa demorou a deixar os boxes no Q1, pois a Williams teve de reprogramar seu carro antes dele ir para a pista. Saindo apenas com seis minutos e meio para o final da primeira sessão da classificação, ele não chegou a dar sua primeira volta. Apenas com pouco menos de dois minutos o piloto cravou a 11ª marca, com 1min49s688, que foi suficiente para garanti-lo no Q2.

Diferente da primeira parte do treino classificatório, na segunda sessão da tomada de tempos o brasileiro foi para o traçado pouco depois que o cronômetro começou a rodar, logo atrás de seu companheiro Valtteri Bottas. Assim que deu sua volta, o piloto do carro #19 logo cravou 1min49s645, colocando-se entre os primeiros da folha de tempos.

Felipe Massa em Spa-Francorchamps (Foto: Williams F1)

Porém, após uma paralisação de uma bandeira vermelha por conta de Kimi Räikkönen, que por problemas de pressão de óleo ficou parado na pista, Massa voltou para a pista e conseguiu melhorar seu tempo, fechando a sessão em quinto, indo então para brigar pelas dez primeiras posições.

Na última parte da classificação deste sábado o brasileiro não perdeu tempo, saindo para a pista logo no início da sessão, marcando 1min48s937, ficando atrás da dupla da Mercedes e de Bottas. O piloto do carro #19 chegou a melhorar sua marca, e apesar de ter cravado 1min48s685 e ter conquistado o sétimo posto, ele largará em sexto em Spa-Francorchamps, por conta da punição tomada por Romain Grosjean.

Analisando seu resultado final, Massa credita a terceira no grid devido a perda de tempo no último setor. Porém, o piloto mantém o otimismo, dizendo que em Spa-Francorchamps sempre pode ter surpresas. “Perdi um pouco de tempo no último setor, e olhando para o resultado isso me custou algumas posições, foi muito apertado”, disse.

“É frustrante, mas é uma corrida longa, e o circuito pode nos reservar muitas surpresas, e uma pode ser o clima. Precisamos ter certeza de fazer uma boa largada amanhã para ganhar o máximo de colocações possível e continuar a construir a partir dali”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube