“Acontece quando para de trapacear”: Verstappen cutuca queda da Ferrari

Max Verstappen manteve sua média de declarações polêmicas no GP dos EUA: após a prova que garantiu o título de Lewis Hamilton, o holandês opinou sobre a queda de rendimento da Ferrari. Mas com provocação...


 

A Red Bull, durante o final de semana, entrou com pedido na FIA para que fossem esclarecidas as regras sobre fluxo de combustível nos motores dos carros da Fórmula 1 – o que, pelo jeito, veio como uma maneira de assumir que o grid suspeitava de que a Ferrari estivesse cometendo algo irregular.

A FIA informou às equipes o jeito correto de se montar o sistema e nenhuma invesitgação oficial foi feita contra a Ferrari. Mas, após o GP do EUA do último domingo (3), Max Verstappen deixou claro  o que pensa sobre o assunto.

Com a Ferrari vendo Sebastian Vettel abandonar a prova após oito voltas, e Charles Leclerc ficando a 52s do pódio, mesmo sendo quarto colocado, além de claramente ter perdido força nas retas, algo positivo da equipe na temporada, o holandês cutucou ao ser questionado sobre a situação.

"É o que acontece quando para de trapacear", provocou Verstappen.

Max Verstappen (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
Paddockast #40
QUEM VOCÊ ENTREVISTARIA NO GP DO BRASIL?

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

"Agora estão vigilando cuidadosamente, mas temos que continuar assim. Mas não é estranho esse desempenho", continuou. Em seguida, foi questioando pelo repórter da 'Ziggo Sports', TV holandesa, do por que: e respondeu rapidamente: "Você pode chegar na conclusão…", deixando entrelinhas o que pensa.

Verstappen, aliás, foi quem terminou à frente do melhor ferrarista, Leclerc: foi o terceiro, garantindo o pódio em Austin.

A F1 volta acelerar dentro de duas semanas com a etapa mais aguardada do ano. O GP do Brasil acontece entre os dias 15 e 17 de novembro em Interlagos, São Paulo. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO, em TEMPO REAL e 'in loco' com grande equipe.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube