F1

Agente classifica temporada 2000 como decisiva para Schumacher e Ferrari: “A pressão era muito alta”

A temporada 2000 foi decisiva para Michael Schumacher e a Ferrari. Sabine Kehm, agente do alemão, relembrou a grande tensão que estava no ar naquele ano, e da explosão de emoção que veio quando o hepta conquistou o título
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
A temporada de 2000 foi bastante decisiva tanto para a Ferrari quanto para Michael Schumacher. Quem disse isso foi Sabine Kehm, agente do alemão, que ainda comentou que não esperava a explosão de emoções que veio junto com a conquista.
 
O heptacampeão chegou ao time italiano em 1996, após conquistar dois títulos com a Benetton. O piloto chegou com a ambição de terminar a seca que a esquadra de Maranello sustentava, sem conseguir conquistar o Mundial de Pilotos desde 1979 e o de Construtores desde 1986.
 
Levou alguns anos, mas enfim o triunfo veio em 2000 e abriu a porteira para mais quatro outros campeonatos consecutivos. “Estava claro que a pressão era extremamente alta, senti que era um ano decisivo”, falou em entrevista ao podcast oficial da F1.
Sabine Kehm (Foto: Reuters)
“Não sei o que poderia ter acontecido se o campeonato não tivesse sido vencido Eu realmente tinha o sentimento que realmente não sei o que teria acontecido se eles não conseguissem. Ele estava trabalhando muito naquele ano e apostou tudo”, completou.
 
Sabine relembrou também a grande emoção que tomou conta da garagem da Ferrari após Schumacher ter conquistado o título no Japão. “Realmente lembro quando Michael venceu o título em Suzuka – nunca imaginei tamanha explosão de emoções da equipe inteira. Quando cruzou a linha de chegada, as pessoas no fundo da garagem estavam em lágrimas”, pontuou.
 
“Acredito que só naquele momento realmente entendi o que significava para eles, pois tinham tentado por muitos anos. Havia alguns mecânicos que estavam lá há 25 anos e eles realmente choravam muito, mas tinham vergonha de estarem chorando e tentavam esconder isso. Nunca vi algo tão emotivo. Naquele momento eu realmente pensei ‘wow’. Foi muito maior do que eu esperava que fosse”, encerrou.