Agora no Hall da Fama, Montezemolo lembra Schumacher: “Ele está tentando vencer sua corrida mais difícil”

Ex-presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo dedicou sua introdução ao Hall da Fama Automotivo, em Detroit, nos Estados Unidos, a Michael Schumacher. Italiano destacou que o ex-piloto está tentando vencer sua corrida mais difícil

Luca di Montezemolo creditou a Michael Schumacher sua introdução no Hall da Fama Automotivo, em Detroit, nos Estados. O ex-presidente da Ferrari avaliou que não teria atingido tal honra sem o heptacampeão.
 
Schumacher segue em processo de recuperação desde que sofreu um acidente quando esquiava nos Alpes Franceses em dezembro de 2013. O germânico bateu com a cabeça em uma pedra, mas seu estado de saúde atual é mantido em sigilo pela família, que se limita a dizer, por meio da agente Sabine Kehm, que ele “apresenta melhora, sempre levando em conta a gravidade das lesões que teve”.
Luca di Montezemolo lamentou estado de saúde de Michael Schumacher (Foto: Ferrari)
 Homenageado em Detroit, cidade cuja renda principal é a indústria automobilística, Montezemolo lembrou de Schumacher e afirmou que é triste saber que o amigo hoje “está na cama” há tanto tempo.
 
“Não sei se teria recebido esse premio sem ele”, disse Montezemolo de acordo com o jornal italiano ‘La Gazzetta dello Sport’. “Isso é dedicado a ele, porque ele está tentando vencer sua corrida mais difícil”, seguiu.
 
“Ele não era apenas alguém com quem eu trabalhei, mas, acima de tudo, um amigo com quem eu compartilhei muitas coisas”, destacou. “Saber que ele agora está na cama há tanto tempo é muito triste”, completou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube