Ainda sem grid, F1 se prepara para domingo longo no Circuito das Américas com mais previsão de chuva

É com mais previsão de chuva que a F1 acorda neste domingo (25), em Austin, no Texas, para a definição do grid de largada e, mais tarde, a 16ª etapa do Mundial. Treino classificatório vai ter início, no máximo, até às 13h (de Brasília)

A chuva não foi embora do Texas. Com o estado norte-americano ainda sentindo os efeitos da tempestade tropical Patrícia, que atinge o México, a previsão é novamente de chuva para o domingo que vai ter o treino classificatório e a corrida no 16º fim de semana da temporada 2015.

Espera-se que a quantidade de chuva, no entanto, seja menor, o que é fundamental para que os carros possam entrar na pista e correr. 

Sergio Pérez ainda durante o terceiro treino livre em Austin (Foto: Force India)

O treino classificatório ficou marcado para as 12h (de Brasília), e Charlie Whiting deixou claro: se chover e a sessão não puder começar, a FIA só vai esperar até às 13h. Passando deste horário, o grid será formado com base no resultado do TL3. Neste caso, com Lewis Hamilton na pole e Nico Hülkenberg completando a primeira fila.

E qual a chance de chuva? De acordo com o National Weather Service, em torno de 40%. Já o site ‘Weather.com’ aponta para uma chance de chuva de 95%.

Aos fatos: amanheceu chovendo.

Para as 14h locais (17h em Brasília), a hora da largada, a probabilidade de chuva é menor, ficando abaixo de 30%.

Patrícia

Nico Hülkenberg ainda durante o terceiro treino livre em Austin (Foto: Force India)

Furacão mais forte já registrado no Oceano Pacífico, o Patrícia atingiu a costa mexicana com ventos de mais de 300 km/h. Mas, uma vez em terra firme, bateu de frente com a Sierra Madre e começou a perder força. Rapidamente despencou da categoria 5 para a 1, e na sequência voltou a ter o status apenas de uma tempestade tropical.

Pela proximidade, o estado do Texas vem sofrendo bastante. Inundações e acidentes foram registrados em todo o estado.

Em Austin, o TL2 já foi interrompido na sexta-feira devido aos raios e ao enorme volume de água. O TL3, no sábado, foi realizado com portões fechados porque os responsáveis pelo autódromo pensaram diferente dos dirigentes da FIA e julgaram que não era seguro permitir a entrada dos torcedores. Eles só chegaram mais tarde, para a classificação, que acabou não acontecendo.

Esta é a décima vez na história em que a F1 vai fazer uma sessão de classificação em um sábado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube