Albon valoriza Interlagos “difícil e única” após liderar TL1

Alexander Albon teve dia agitado nesta sexta-feira (15) em Interlagos: liderou o TL1, depois bateu, e por fim foi apenas nono na segunda sessão do dia. Ao GP, ele comentou o que achou da pista paulistana, na qual estreia, após tantas sensações

Alexander Albon foi à pista pela primeira vez em Interlagos nesta sexta-feira (15), nos treinos livres da Fórmula 1 para o GP do Brasil. E teve dia agitado: liderou o TL1, o mesmo em que encerrou batendo no muro, e depois sofreu na segunda sessão, ficando apenas em nono.

Desta forma, experimentou diferentes sensações na pista paulistana. E, por isso, foi questionad pelo GRANDE PRÊMIO sobre suas primeiras percepções.

"É uma boa pista. O tempo a tornou mais difícil, bem única. Eu estou gostando. É à moda antiga, então você precisa ir se acostumando, pegando ritmo", comentou.

"Infelizmente não pude dar tantas voltas hoje, então preciso me preparar mais para amanhã", comletou o tailandês..

Alexander Albon (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Paddockast # 42
QUEM É VOCÊ NO GP DO BRASIL?

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Ele ainda comentou sobre a batida no final do primeiro treino, no qual perdeu o controle do carro na Junção e forçou barreira vermelha.

"Não é bom, obviamente. Mas já estivemos nessa posição antes. Estava pegando ritmo com os intermediários, mas bati no final (com os macios). Vamos ver o que acontece amanhã", finalizou.

GRANDE PRÊMIO cobre in loco o GP do Brasil com os jornalistas Evelyn Guimarães, Felipe Noronha, Fernando Silva, Flavio Gomes, Gabriel Carvalho, Gabriel Curty e Pedro Henrique Marum, e o fotógrafo Rodrigo Berton. Acompanhe todo o noticiário aqui e tudo dos bastidores e das atividades em pista AO VIVO e em TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube