Albon fala em dor por saída da Red Bull, mas diz que “não vou desistir de voltar em 2022”

O tailandês desabafou nas suas redes sociais sobre a saída do grid para 2021, dizendo que fez todo o possível para manter a vaga, mas não foi suficiente

Alexander Albon enfim falou sobre a vaga perdida na Red Bull para 2021. O tailandês usou suas redes sociais para desabafar e admitiu sentir a dor da saída do time, mas destacou que o foco é conseguir voltar ao grid da Fórmula 1 em 2022.

Na última sexta-feira, após muita especulação, os rumores foram confirmados e a equipe taurina anunciou Sergio Pérez como companheiro de Max Verstappen. Com isso, o competidor de 24 anos foi colocado como piloto reserva.

“Não posso mentir, dói. Dei tudo de mim, mas não foi o suficiente. Quero dizer um muito obrigado a todos que me apoiaram ao longo deste ano, especialmente meus fãs tailandeses. Com todas as opiniões diferentes, sempre tive vocês me incentivando”, escreveu no Instagram.

Albon lamentou a saída da Red Bull (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Não vou desistir, coloquei minha vida nisso e não vou deixar que acabe aqui. Tenho mais para oferecer e meu foco é voltar em 2022 e balançar a bandeira tailandesa novamente”, completou o piloto.

Albon fez sua estreia na F1 em 2019 pela Toro Rosso, atualmente AlphaTauri. Após 12 corridas pela equipe, foi promovido para a Red Bull para tomar o lugar de Pierre Gasly, que foi rebaixado de volta para a equipe B da marca de bebidas energéticas.

Ao longo da temporada e meia em que correu ao lado de Verstappen, conseguiu dois pódios e teve uma sétima colocação como melhor resultado no campeonato. No mesmo período, Max foi 15 vezes ao pódio, sendo três com vitórias e terminando os campeonatos em terceiro.

Christian Horner chegou a falar sobre Alex e destacou que o competidor é uma importante parte do time. Enquanto isso, o holandês exaltou o cara legal que é Albon, mas deu sua opinião sincera ao ser questionado sobre a saída do time de Milton Keynes.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar