F1

Alfa Romeo confirma permanência de Giovinazzi em 2020

Antonio Giovinazzi somou 4 pontos e ocupa a 18ª posição no Mundial de Pilotos. A Alfa Romeo optou pela continuidade no trabalho e renovou o contrato com italiano, que segue junto de Kimi Räikkönen em 2020. Nico Hülkenberg vê outra porta fechada e saída da categoria está cada vez mais próxima

Grande Prêmio / GABRIEL CARVALHO, de Campinas / FELIPE NORONHA, de São Paulo / VITOR FAZIO, de Berlim
A Alfa Romeo confirmou que renovará o contrato do italiano Antonio Giovinazzi para a temporada 2020 da Fórmula 1. A vaga na equipe era uma das últimas ainda indefinidas no grid.

Vice-campeão da GP2 em 2016, Giovinazzi estreou na F1 pela Sauber em 2017, substituindo Pascal Wehrlein em duas corridas. Para 2019, foi confirmado como piloto titular da equipe. Até aqui, somou 4 pontos, e o 9º lugar no GP da Itália, corrida do seu país natal, foi o seu melhor resultado.

"Estou muito feliz em continuar com a equipe para 2020. Sou agradecido pelo incrível apoio que recebi nesse primeiro ano completo na F1: todos na equipe ficaram ao meu lado desde que entrei e estou ansioso em continuar nossa jornada juntos. Aprendemos muito esse ano e estou confiante em dar um passo à frente na próxima temporada. Não serei mais um estreante, então não terei desculpas. Eu quero ser competitivo desde o começo do campeonato e pagar a confiança que depositaram em mim", declarou o italiano, que novamente será companheiro de equipe do campeão mundial Kimi Räikkönen.
Antonio Giovinazzi (Foto: Alfa Romeo)
A renovação de Giovinazzi é péssima notícia para Nico Hülkenberg. O veterano alemão ficou sem vaga após ser substituído na Renault por Esteban Ocon, e as portas estão se fechando com novas confirmações. A única vaga possível para o piloto seria como segundo piloto da Williams, mas o canadense Nicholas Latifi é o grande candidato a assumir o posto.

O #99 ocupa a 18ª posição no Mundial de Pilotos, enquanto a equipe Alfa Romeo é a 8ª entre os Construtores, com apenas 35 pontos, à frente apenas de Haas e Williams.

“O Antonio está indo muito bem nesse ano e eu estou extremamente feliz por poder confirmar que ele segue na Alfa Romeo em 2020. A forma com que ele se integrou à equipe e melhorou ao longo de sua primeira temporada no esporte é muito promissora. Mal podemos esperar para usar seu potencial por completo, isso conforme seguimos trabalhando juntos. O Antonio surgiu como um piloto muito rápido, mesmo contra uma referência dura como a do Kimi, e esperamos que ele siga evoluindo conforme ele consiga mais experiência. O feedback técnico dele, a ética de trabalho e a abordagem positiva são fatores que vão nos ajudar a levar a equipe adiante, assim como a consistência de ter uma dupla de pilotos inalterada para o próximo ano”, disse o chefe de equipe Fréderic Vasseur, demonstrando bastante confiança no italiano.
 
 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.