F1

Alonso comemora “melhor sexta do ano” e provoca Honda: “Com outro motor, seríamos os primeiros no grid”

Fernando Alonso conduziu sua McLaren para a sétima colocação na segunda sessão de treinos livres desta sexta-feira. Para ele, isso significa que, com um motor melhor, estaria entre os dois primeiros

Warm Up, do Hermanos Rodríguez / FELIPE NORONHA, de São Paulo / EVELYN GUIMARÃES, do Hermanos Rodríguez

Fernando Alonso está feliz. Vai correr em Daytona no ano que vem, renovou contrato e seu carro mostra evolução - terminou em sétimo o TL2 desta sexta-feira (27) no México, e em oitavo o TL1. Mas sempre há espaço para uma 'cutucada' na Honda, a fornecedora dos motores que tanto prejudicaram o espanhol durante a temporada.

Durante a entrevista após os treinos desta sexta, Alonso elogiou a McLaren e arriscou dizer que estaria brigando, junto com Stoffel Vandoorme, com os melhores carros do grid.
Fernando Alonso (Foto: McLaren)
"Bom, os dois treinos foram uma surpresa positiva, já que não pensávamos que seríamos tão rápidos aqui, então estamos felizes. Também foi um dia útil em relação aos testes, fizemos todos que desejávamos fazer, tudo foi como o esperado. Alguns destes testes já serão mantidos, outros não", começou o piloto.

"Foi a melhor sexta do ano. Não sei o que faremos na qualificação. Depende do que decidiremos em relação aos pneus. Mas hoje foi um bom dia, muito positivo. Fomos surpreendentemente competitivos", continuou, feliz com seu 1min18s508, a apenas 0s707 do líder Daniel Ricciardo.

Aí veio a provocada na fornecedora, que não continuará na McLaren no próximo ano: "Se tivéssemos outro motor, hoje estaríamos em primeiro e segundo", afirmou.

"Então isso nos frustra. Mas também gera esperança para o ano que vem (quando a McLaren terá motores Renault), vamos ver se mantemos essa evolução para o próximo ano", finalizou o asturiano.

GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO, em TEMPO REAL e ‘in loco’, com a jornalista Evelyn Guimarães, todo o fim de semana do GP do México de F1 no Autódromo Hermanos Rodríguez.
VIGIAR E PUNIR

COM GALID OSMAN, PADDOCK GP #101 QUESTIONA: VERSTAPPEN MERECEU PUNIÇÃO EM AUSTIN?