Alonso e Button começam classificação na Áustria com punição de 25 posições para cumprir no grid de largada

Fernando Alonso, já com uma punição de 20 posições no grid, precisou trocar de câmbio após o TL3 e assim perde mais cinco lugares. Já Jenson Button trocou quatro dos seis componentes da unidade de força da Honda

A McLaren Honda vai conseguindo estabelecer novos padrões na F1 em 2015. Neste sábado (20), por exemplo, a equipe entrará no treino classificatório para o GP da Áustria sabendo que seus dois pilotos vão perder 25 posições no grid de largada em Spielberg.

Fernando Alonso, que já tinha 20 posições para cumprir pelo uso do quinto motor de combustão interna do ano, do quinto turbo compressor e do quinto MGU-H, precisou trocar o câmbio depois do TL3. O espanhol teve um problema e ficou parado na reta dos boxes. Assim sendo, somam-se mais cinco posições a serem perdidas no grid, totalizando 25.

Alonso para carro da McLaren com o pé. Que vida… (Foto: Reprodução TV)

Para piorar, Jenson Button também perde a mesma quantidade de posições no grid. O inglês, superando o limite de quatro por ano, conta neste ano com novos motor de combustão interna, turbocompressor, MGU-H e MGU-K. Nos casos do turbocompressor e do MGU-H, já se tratam do sexto componente do tipo que o inglês usa no ano.

A equipe decidiu que era uma boa ideia fazer todas as mudanças necessárias na Áustria porque trata como importantes as duas próximas corridas. O GP da Inglaterra por ser sua etapa caseira, bem como de Button, e o GP da Hungria por achar que pode, no travado Hungaroring, repetir os pontos do GP de Mônaco.

"As regras são as mesmas para todos. Como uma equipe top, não deveríamos estar com uma performance assim", disse Jonathan Neale, diretor da McLaren. "Isso é uma meritocracia. Para vencer, você precisa ser bom em tudo. Quando se torna previsível, temos uma chiadeira infinita."

Além disso, a Red Bull deu a Daniil Kvyat o quinto motor de combustão interna do ano, e assim o russo também perde dez posições.

O treino classificatório da F1 em Spielberg começa às 9h (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube