Alonso elogia atuação da Toro Rosso no Bahrein, mas cutuca: “Ninguém me perguntou sobre eles na Austrália”

Fernando Alonso acha que a Toro Rosso, herdeira do motor Honda na F1, fez um trabalho “ótimo” ao colocar Pierre Gasly em quarto. Mas o espanhol recordou o GP da Austrália, em que a equipe italiana não foi além do 15º lugar

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Quando perguntado, Fernando Alonso não deixou de elogiar a atuação da Toro Rosso-Honda no GP do Bahrein – contando com um dia inspirado de Pierre Gasly, a equipe italiana alcançou o quarto lugar. Mas o espanhol, agora competindo com motor Renault na McLaren, aproveitou para cobrar regularidade dos adversários.
 
“Eles foram ótimos, mas ninguém me perguntou sobre a Toro Rosso no GP da Austrália”, brincou Alonso, entrevistado pela TV britânica ‘BBC’. “Se as perguntas sobre a Toro Rosso virarem a normalidade, espero que seja uma normalidade em todas as 21 corridas, porque o campeonato tem 21 corridas”, seguiu. No GP da Austrália, Brendon Hartley foi 15º e Gasly abandonou com problemas mecânicos.
Fernando Alonso não esquece: a Toro Rosso teve problemas na Austrália (Foto: AFP)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

As perguntas sobre a Toro Rosso tem a ver com o sofrimento de Alonso com o motor Honda. Em três anos, o espanhol teve diversos problemas de confiabilidade e nunca foi além do quinto lugar. Em 2018, na segunda tentativa, a equipe secundária da Red Bull superou essa marca com um quarto lugar.
 
Mesmo atrás de um adversário direto do Mundial de Construtores, Alonso teve um dia positivo no Bahrein. O espanhol cruzou a linha de chegada em sétimo e subiu para quarto no Mundial de Pilotos.
 
“Tivemos outra grande corrida, com a equipe fazendo um bom trabalho nos pit-stops, na estratégia e na confiabilidade”, comentou Alonso. “Todo mundo foi perfeito hoje e ficamos com dois carros nos pontos. Fomos bem na largada, passando alguns carros. A gente esperava um pouco mais por ter pneus mais novos do que os outros, mas tivemos ritmo para manter nossa posição na parte da frente do trem”, encerrou.
 
CEDO DEMAIS?

ALONSO ENTRA NO ‘MODO EMPOLGOU’ ANTES DO TEMPO

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube