F1
23/03/2018 06:30

Alonso lamenta problemas no TL1, mas vê possível sábado de chuva como chance de “maximizar” desempenho na Austrália

A McLaren teve problemas na manhã australiana, durante o TL1. Nenhuma novidade para a equipe laranja. Mas, no segundo treino livre, os ventos melhoraram para os lados de Fernando Alonso e Stoffel Vandoorne, que entraram no top-10
Warm Up / FELIPE NORONHA, de São Paulo
 Fernando Alonso (Foto: McLaren)

O primeiro treino livre da temporada começou para a McLaren como se fosse 2017: cheio de problemas. A equipe não conseguiu tirar seus carros da garagem no início da sessão, com problemas no escapamento. Mas, quando resolvido, o time andou bem, ficando no top-10.

No TL2, a segunda parte da história se repetiu, com Fernando Alonso novamente em oitavo e Stoffel Vandoorne, mais uma vez, em 10°. Assim, o espanhol teve o que lamentar, mas também teve como ver coisas positivas neste primeiro dia de F1 em 2018.

Seu melhor tempo no dia foi 1min25s200, atrás apenas das três equipes favoritas, Ferrari, Mercedes e Red Bull, e de Romain Grosjean, que surpreendeu com a Haas.  "É ótimo estar de volta a este espírito de corrida", disse. "Perdemos um pouco de tempo na primeira sessão, mas recuperamos tudo na segunda, e agora temos que analisar o que fazer amanhã."
Fernando Alonso (Foto: McLaren)
Para Alonso, o provável sábado chuvoso deve ajudar a McLaren. "Neste primeiro dia tínhamos muita coisa para testar. Com a mudança de tempo no sábado, temos que ter cuidado com os dados que coletamos", afirmou.

"O clima vai afetar a todos (na classificação) e estamos acostumados com essas mudanças aqui, então espero que possamos maximizar nossas oportunidades", completou o bicampeão do mundo.
”RECOMEÇA A BRIGA”

MERCEDES COMEÇA TEMPORADA AINDA À FRENTE DA FERRARI