Alonso, Pérez e Ricciardo acordam cedo e são submetidos a exames antidoping nesta terça

Seguindo a determinação-padrão da Wada, a Agência Mundial Antidoping, pilotos da F1 foram submetidos a um teste-surpresa nesta terça-feira (5). Fernando Alonso, por exemplo, foi acordado às 6h42 para coletar urina, assim como Daniel Ricciardo e Sergio Pérez

Faltando menos de duas semanas para o início da temporada 2013 do Mundial de F1, pelo menos três pilotos tiveram de pular mais cedo da cama nesta terça-feira (5). O motivo foi a realização de testes-surpresa, realizados pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo) em parceria com a Wada, a Agência Mundial Antidoping.

Antes do embarque para a Austrália, país-sede da abertura da temporada, Fernando Alonso, Sergio Pérez e Daniel Ricciardo receberam agentes da Wada no começo desta manhã e tiveram de coletar amostras de urina para a realização do antidoping.

Daniel Ricciardo teve de acordar cedo para ser submetido ao antidoping (Foto: Getty Images)

Usuário assíduo do Twitter, Alonso escreveu: “6h42, controle antidoping”, revelando a hora em que teve de atender os agentes da Wada em sua casa, ainda na Espanha. Pérez e Ricciardo também usaram o microblog para comentarem sobre o teste. O piloto da Toro Rosso brincou ao escrever sobre o assunto.

“De repente, urinar em sua própria casa se torna difícil quando alguém está te olhando por cima dos ombros”, disse o jovem australiano.

A FIA cumpre os padrões de exames antidoping da Wada. Assim, os pilotos da F1 são obrigados a informar seus respectivos paradeiros, até mesmo para que seja possível a realização de testes-surpresa, como no caso de hoje.

No último domingo (3), em Interlagos, seis pilotos da Stock Car também foram submetidos ao exame antidoping logo após a abertura da temporada. O Grande Prêmio apurou que Cacá Bueno, Lico Kaesemodel, Vitor Genz, Raphael Matos, Alceu Feldmann e Marcos Gomes tiveram de coletar urina para a comissão médica da CBA, a Confederação Brasileira de Automobilismo.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube