Alonso ressalta Williams e Red Bull mais rápidas que Ferrari e fala sobre sétimo lugar: “Acho que era limite”

Atrás das duas Mercedes, Williams e Red Bull, Fernando Alonso diz que equipes foram mais rápidas que a Ferrari durante toda classificação. Ainda completou dizendo que sua volta foi "surpreendentemente boa"

A cobertura completa do GP do Canadá no GRANDE PRÊMIO
icone_TV Automobilismo na TV: a programação do fim de semana
As imagens do sábado de F1 no Canadá

Quando o fim de semana do GP do Canadá começou, na sexta (6), a impressão pelos primeiros treinos livres era de que a Ferrari iria dar uma luta real aos rubro-taurinos da Red Bull como segunda força do grid. Fernando Alonso liderou o TL1, ele e Kimi Räikkönen ficaram em quarto e quinto no TL2. Parecia promissor. Mas a classificação neste sábado mostrou uma verdade inconveniente para a equipe de Maranello.

 
Não só o rendimento não foi do nível da Red Bull, como ainda acabou sendo pior que o da Williams. Pela soma dos pilotos, foi comparável ao nível de McLaren e Force India. Alonso, ao contrário de Räikkönen, conseguiu uma boa distância na frente de quem não era Sebastian Vettel, Daniel Ricciardo, Valtteri Bottas, Felipe Massa ou uma das Mercedes. Apesar do rendimento parecer bom dentro das possibilidades, o sétimo lugar ainda deixa um gosto amargo para o bicampeão mundial.
Fernando Alonso conseguiu só o sétimo posto no grid (Foto: Getty Images)
"Acho que era o limite. A volta foi muito, muito boa. Foi surpreendentemente boa. Obviamente o resto dos carros é mais rápido que a gente, e foram mais rápidos por toda a classificação. Não é que no Q3 eles vieram de repente. Foi um sábado difícil, o que significa que não fomos rápidos o bastante", analisou.
 
"O novo pacote de atualizações funcionou OK. O carro estava melhor. Sei que há mais coisas por vir nas próximas corridas que com sorte nos colocarão numa posição mais confortável", seguiu. 
 
"A Williams foi surpreendentemente boa aqui, as Red Bull estavam mais rápidas. Queremos lutar pelo segundo lugar no Mundial de Construtores, e agora a Red Bull está em nossa frente, então gostaríamos de terminar na frente deles amanhã, se for possível", encerrou.
 
O GP do Canadá, sétima etapa do Mundial de F1, terá seua largada às 15h deste domingo. O GRANDE PRÊMIO acompanha ao vivo e em tempo real.

Quer ter o prazer de guiar uma Ferrari e assistir ao GP da Itália em Monza?

Clique e saiba dos detalhes do pacote GRANDE PRÊMIO pelo e-mail



icon_tempo O passo a passo da classificação em Montreal

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube