Alonso revela Honda “muito otimista” com motor de 2016 e crê que falar em ganho de até 2s5 é realista

O discurso dos japoneses é otimista, o que deixa Fernando Alonso confiante. O espanhol avisou que é possível esperar uma grande melhora da Honda na próxima temporada do Mundial de F1

Fernando Alonso acredita que a McLaren Honda pode ganhar até 2s5 no próximo ano com a evolução da unidade de potência nipônica.

A confiança do espanhol, que recentemente fez críticas públicas ao motor da montadora, se dá pelo retorno que ele vem tendo da marca com relação ao projeto do ano que vem. Segundo ele, o otimismo é grande no Japão, o que permite se pensar em tamanho progresso.

Alonso pensa que a McLaren pode melhorar até 2s5 em 2016 (Foto: AP)

"É uma diferença muito grande e uma tarefa enorme, mas estamos prontos para tentar. Há muito para se acertar, mas todos os passos e ações que o time está tomando nos últimos meses são lógicos e bem bons, então estou otimista", disse. "Mas vencer já é outro passo. É bater a Mercedes. E, neste momento, mesmo equipes muito grandes com tudo mais ou menos no lugar não conseguem fazer."

"Na Honda, eles estão trabalhando. Eles não prometem nada porque temos muitas coisas para ajeitar primeiro e para avaliar. Mas eles estão muito otimistas com os resultados do motor do ano que vem", acrescentou.

Neste fim de semana, Alonso já terá no carro, para o GP dos Estados Unidos, uma versão atualizada do motor Honda. Jenson Button, seu companheiro, segue com o propulsor antigo, e inclusive disse que espera ser "aniquilado" pelo bicampeão.

De qualquer forma, sequer falar em vitórias no ano que vem já é um sinal de como a McLaren se decepcionou com o que recebeu da Honda neste ano. Nos testes de inverno, Button chegou a afirmar que o time sabia que não teria um carro vencedor na primeira corrida, mas que queria ter um na última. Após 15 corridas, a McLaren é a nona colocada no Mundial de Construtores com apenas 19 pontos.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube