Alonso revela que primeira reunião com Renault sobre retorno foi ainda em 2019

O primeiro contato de Fernando Alonso com a Renault sobre um retorno à F1 foi ainda em Abu Dhabi em 2019. Curiosamente, bem antes de Daniel Ricciardo assinar com a McLaren

Fernando Alonso está oficialmente de volta ao grid da Fórmula 1. O espanhol assinou com a Renault para 2021, formando dupla com Esteban Ocon. Alguém poderia imaginar que se trata de uma reação rápida à saída de Daniel Ricciardo da escuderia, mas não é bem assim: de acordo com o espanhol, o primeiro contato entre as duas partes aconteceu ainda no fim de 2019.

“Começou há muito tempo, nós tomamos o tempo que precisava, nós nos respeitamos”, disse Alonso, entrevistado pelo site oficial da F1. “O primeiro encontro provavelmente foi em Abu Dhabi em 2019. Eu estava na última corrida e aí nos encontramos para falar sobre essa possibilidade, as impressões que as duas partes tinham. Nós seguimos em contato durante todos esses meses. No fim, quando eu finalmente tomei a decisão de voltar à Fórmula 1, a Renault sempre seria uma opção romântica”, seguiu.

Fernando Alonso parte para a terceira passagem pela Renault (Foto: McLaren)

Em 2019, as portas na Renault ainda pareciam fechadas. Daniel Ricciardo e Esteban Ocon falavam em comprometimento de longo prazo, mas o australiano se mandou para a McLaren na primeira oportunidade. A equipe amarelada precisou buscar um novo líder para o projeto e, aí sim, teve algo que chamou a atenção de Alonso.

O contrato inicial de Alonso com a Renault é de dois anos, para 2021 e 2022. Trata-se da terceira passagem do espanhol pela escuderia, repetindo parceria que rendeu títulos mundiais em 2005 e 2006.

“Nunca perdemos essa relação, na verdade. Eu segui em contato com a Renault Academy porque tenho uma equipe na Fórmula Renault. Tenho uma escola de kart na Espanha e fazemos muitas coisas com a Renault de lá. Sempre houve esse vínculo e parecia ser a coisa certa a ser feita. Você sempre pensa com a cabeça, sempre coloca todas as coisas na balança”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube