Alonso se anima com “melhor curva da F1”, mas evita sonhar alto para GP da China: “Espero ao menos chegar ao final”

Fernando Alonso não quer pensar além de onde pode chegar. Depois da decepção em Melbourne, o bicampeão mundial chega a Xangai sabendo melhor qual o lugar da McLaren no grid. E por saber tão bem, não fala sequer em pontos: apenas quer receber a bandeira quadriculada

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Depois de um começo de temporada decepcionante da McLaren, Fernando Alonso não chega ao GP da China esperando um milagre, tampouco um choque de realidade positivo para si. A maior expectativa? Terminar a corrida sem grandes problemas e notar evoluções com as atualizações que a equipe levará – no GP chinês assim como para todas as corridas da temporada 2017.

 

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
Alonso lembrou do alto desgaste de pneus sofrido na China em 2016 e deixou claro que será um teste também para a Pirelli, que viu um desgaste ainda mais baixo que o comum no GP da Austrália. O espanhol elogiou a pista, um teste por ser a primeira da temporada em altas velocidades – e com sua curva favorita da F1.

 
"Ano passado em Xangai todo mundo estava com os olhos nos pneus, porque a degradação normalmente é alta lá, e vimos várias vezes o pneu esfarelando, mas vai ser interessante ver como os novos compostos performam nesse tipo de pista", falou.
 
"Xangai é uma pista diferente – a curva um é a minha favorita em todo o calendário. É um bom teste para o piloto com altas velocidades comparado ao circuito de rua de Melbourne", avaliou.
Fernando Alonso (Foto: AFP)
E afirmou: será uma vitória não abandonar. "Estou ansioso para ver o que os novos carros são capazes de fazer lá, e espero que possamos ter pelo menos uma corrida livre de problemas para ver a bandeira quadriculada tremular."
 
Na sequência, admitiu que o resultado na Austrália foi abaixo do que a equipe esperava, embora seja realista. E contou que McLaren e Honda terão atualizações sempre durante o ano.
 
"A Austrália foi uma surpresa para nós, porque não esperávamos ter uma performance ao nível que tivemos. Ainda que, no papel, os resultados mostrem a realidade. Sabemos que há muito trabalho a ser feito e que não estamos entregando o que prometemos na pré-temporada, mas estamos nos esforçando igualmente nos bastidores", disse.
 
"Apesar de termos algumas corridas distantes no começo da temporada, ainda esperamos atualizações em todas elas, inclusive na China", afirmou.
 
Alonso conseguia uma verdadeira façanha de marcar ponto na Austrália, era o décimo colocado, mas teve problemas e precisou levar o carro para a garagem. 

A F1 volta neste fim de semana, entre 7 e 9 de abril, para o GP da China. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades AO VIVO, EM TEMPO REAL e com o LIVETIMING.
 

 

DEBATE QUENTE SOBRE AS ESTREIAS DE F1 E MOTOGP. ASSISTA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube