Alonso se diz calmo para ver projeto da McLaren vingar: “Minha paciência foi provada nos últimos cinco anos”

Fernando Alonso deu somente seis voltas e foi o último colocado no primeiro dia de testes da pré-temporada em Jerez. Mas o espanhol não se deixou abalar pela pouca quilometragem e tentou mostrar otimismo dizendo que não foi pego de surpresa

O domingo em Jerez passou longe de ser um primeiro dia ideal para Fernando Alonso na McLaren. Ele ficou parado nos boxes durante a maior parte do tempo e deu apenas seis voltas ao redor do circuito de Jerez. Percorreu apenas 26 km e foi 18s mais lento que o líder, Sebastian Vettel.
Claro, testes são testes. Foi o que a McLaren insistiu, e Alonso adotou o mesmo discurso. Empolgado e sorridente, tentou mostrar otimismo. Disse que nada do que enfrentou na abertura da pré-temporada foi uma surpresa e que está otimista e calmo para ver vingar o projeto da equipe inglesa junto da Honda.
 
O que segurou o MP4-30 nos boxes durante a maior parte do dia foi um problema no motor, que a Honda já acredita ter solucionado. A falha foi diferente daquela que impediu o belga Stoffel Vandoorne de andar nos dois dias de treinamentos em Abu Dhabi, no mês de novembro. “Amanhã vai ser muito melhor”, garantiu Yasuhisa Arai, diretor-esportivo da Honda.
Fernando Alonso demorou para sair dos boxes em Jerez, mas não para voltar (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
Aos 33 anos, uma das razões que Alonso levou em conta para mudar de equipe foi a idade. O tempo está acabando para ele, que desesperadamente quer ser campeão novamente. Os problemas neste início de parceria da McLaren com a Honda, naturalmente, levam a questionamentos a respeito de sua disposição para esperar.
 
“Minha paciência foi provada nos últimos cinco anos. Não tenho problemas”, disse o ex-piloto da Ferrari.
 
“Foi dentro do esperado. Vimos no ano passado como é difícil completar muitas voltas com esses motores, especialmente nos primeiros dias. Precisamos de tempo”, falou.
 
“O carro é agressivo e inovador. Vamos aos poucos descobrir mais sobre ele. Claro que o que andamos hoje não é o bastante, mas estamos empolgados. Confio no projeto e temos muito a fazer”, acrescentou.
 
Na segunda-feira, Alonso apenas assistirá enquanto Jenson Button andará pela primeira vez com o MP4-30. O espanhol retornará ao cockpit na terça-feira.
 
AO VIVO

O GRANDE PRÊMIO é o único site de esporte a motor brasileiro que vai acompanhar de perto toda a pré-temporada da F1, na Espanha. Neste domingo (1), o repórter Renan do Couto e o fotógrafo Xavi Bonilla vão trazer todas as informações direto da pista de Jerez de la Frontera, palco de lançamentos e da primeira bateria de testes coletivos em 2015.

Sigam tudo AO VIVO e em TEMPO REAL na nossa nova ferramenta de transmissão e participem.

O W06
A Mercedes apresentou neste domingo (1), em Jerez de la Frontera, o W06, carro do time para a temporada 2015 da F1. Lewis Hamilton e Nico Rosberg foram os responsáveis por revelar o bólido ao mundo e o fizeram sem muita demora.
 
Dominante ao longo da temporada 2015, a Mercedes apresentou uma evolução do bólido do 2014, mas ressaltou que as mudanças no regulamento técnico da F1 também apresentou desafios para a produção do W06.

Leia reportagem completa no GRANDE PRÊMIO. 

O FW37
A Williams chamou a imprensa nesta gelada manhã de domingo (1) em Jerez, na Espanha, para apresentar fisicamente o FW37, carro com o qual vai disputar a temporada 2015. Antes, a equipe apenas havia divulgado fotos pela internet.
 
Bem bonito, o modelo azul e branco possui uma aerodinâmica diferenciada em relação aos outros carros já mostrados. O FW37 traz certos resquícios do regulamento do ano passado com seu 'bico-mamilo', possui uma curva bastante uniforme do cockpit até a ponta do bico e, na traseira, uma espécie de barbatana encerrando a carenagem que cobre o motor.

Leia a reportagem completa no GRANDE PRÊMIO.

O RB11
A nova criação da Red Bull apareceu camuflada em Jerez de la Frontera. O RB11, o carro com o qual os tetracampões vão competir na temporada 2015 da F1, surgiu no pit-lane da pista espanhola nesta manhã de domingo (1) sem pompa ou cerimônia. A equipe austríaca sequer fez uma apresentação, apenas divulgou fotos e tratou de botar Daniel Ricciardo logo no circuito, para a primeira volta de instalação.
 
O modelo, provavelmente o último projeto totalmente assinado pelo gênio Adrian Newey, vai usar uma pintura provisória por enquanto, em preto e branco. Do que se pode perceber, as linhas são refinadas, como sempre, e o bico é mais baixo também, mas um pouco mais curto, diferente das soluções usadas por Ferrari e Toro Rosso, por exemplo. É bem parecido com o desenho da Mercedes.

Leia a reportagem no GRANDE PRÊMIO.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube