Alonso vê “melhor início de temporada dos últimos anos” e culpa azar por resultados

Fernando Alonso crê que seu início de F1 2022 é contraditório: isso porque vê como o melhor nos últimos dez anos, ainda que tenha conquistado apenas dois pontos

RED BULL SOBRA NA FÓRMULA 1 QUANDO NÃO QUEBRA + O CHORO DA ALPINE | TT GP #52

Fernando Alonso iniciou a temporada de 2022 da Fórmula 1 numa grande maré de azar. Após cinco etapas, o espanhol soma apenas dois pontos até aqui, conquistados no GP do Bahrein. Na corrida mais recente, em Miami, terminaria em nono, mas por ter levado uma segunda punição — horas após a prova, inclusive — ficou com apenas o 11º lugar.

Para o asturiano, o desempenho e os resultados simplesmente não se encaixam. Isso porque ele explica que está tendo um de seus melhores inícios de ano, ainda que tenha terminado dentro da zona de pontuação uma única vez.

“Obviamente, parece um pouco estranho ter dois pontos no campeonato, depois de ter provavelmente meu melhor começo de temporada em termos de competitividade nos últimos 10 anos, talvez a partir de 2012”, disse Alonso.

Alonso até completou em nono, mas viu nova punição o derrubar para fora do top-10 (Foto: Alpine)

“Não fui tão competitivo como me senti nestas primeiras corridas. Fomos, penso eu, extremamente azarados com algumas coisas que aconteceram. Fomos bastante competitivos em todas as sessões que fizemos até agora este ano. Acho que estamos entre os seis ou os sete primeiros, e isso não aconteceu, com certeza, nos meus anos na McLaren, ou nas últimas temporadas na Ferrari ou mesmo no ano passado”, acrescentou.

Com apenas dois pontos, Alonso estão na 16ª posição no Mundial de Pilotos. No de Construtores, a Alpine é sexta colocada. Pensando nas próximas corridas, sobretudo o GP da Espanha, o dono do carro #14 entende que os resultados vão começar a aparecer.

“É uma questão de tempo que o resultado virá. Sinto-me forte, sinto-me rápido agora. O carro também parece bom, por isso estou realmente ansioso por cada fim de semana”, reiterou.

“O carro parece rápido. Às vezes você precisa se adaptar um pouco e ter confiança no carro para poder dar 100%, e eu tive isso imediatamente nos testes de pré-temporada, então me sinto bem”, encerrou ele.

POR QUE HAMILTON PEITA FIA E CONFRONTA ‘REGRA DAS JOIAS’
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar