Alpine confirma expectativa e anuncia Brivio como diretor de corridas na Fórmula 1

A equipe de Fernando Alonso e Esteban Ocon não deu detalhes da posição do ex-chefe da Suzuki na MotoGP, mas destacou que ele estará subordinado a Laurent Rossi, diretor-executivo da Alpine

A Alpine aproveitou a manhã deste domingo (17) para encerrar a espera e anunciar a chegada de Davide Brivio. O ex-chefe da Suzuki vai atuar como diretor de corridas na equipe de Fernando Alonso e Esteban Ocon.

Ex-chefe da Suzuki, Brivio tem mais de 20 anos de experiência na MotoGP e, além do título do ano passado com Joan Mir, comandou a Yamaha nos anos de glória com Valentino Rossi.

Em um breve comunicado feito pelo Twitter, a Alpine confirmou que Brivio vai se reportar a Laurent Rossi, mas não detalhou as funções do italiano.

Davide Brivio comandou a Suzuki no título de Joan Mir em 2020 (Foto: Divulgação/MotoGP)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Estamos encantados em confirmar que Davide Brivio vai fortalecer nosso time às vésperas da temporada 2021 do campeonato mundial de Fórmula 1”, disse a equipe. “O papel específico e as responsabilidades dele serão anunciados nas próximas semanas. Davide vai se reportar ao diretor-executivo da Alpine, Laurent Rossi”, seguiu.

“Davide se junta à Alpine com uma vasta experiência e sucesso depois de mais de 20 anos no Mundial de MotoGP”, acrescentou. “Estamos ansiosos para receber Davide conforme iniciamos o próximo passo da nossa jornada na Fórmula 1”, completou.

No último dia 11, a Alpine anunciou a saída de Cyril Abiteboul, chefe da equipe na Fórmula 1 desde 2016. Laurent Rossi, que era o diretor de estratégia e desenvolvimento de negócios, assumiu como diretor-executivo da divisão esportiva e competitiva do grupo.

A mudança de nome da Renault para Alpine marca o começo de uma nova fase para Alonso. O bicampeão volta à F1 após dois anos longe. Neste período, correu no Mundial de Endurance, onde venceu corridas como as 24 Horas de Le Mans e as 24 Horas de Daytona, e até no Rali Dakar pela Toyota, mas não conseguiu a meta de vencer as 500 Milhas de Indianápolis.

Em 2021, Alonso volta para ocupar o lugar deixado por Daniel Ricciardo, que foi para a McLaren, e fecha dupla com o jovem francês Esteban Ocon.

A saída de Brivio pegou a Suzuki de surpresa, mas a equipe optou por buscar internamente um substituto. A fábrica japonesa contava com o italiano para liderar a equipe na defesa do título conquistado no ano passado, encerrando um jejum de mais de 20 anos.

Alpine mostra primeiro layout para 2021

Na última quinta-feira, em um evento online, a Renault deu oficialmente lugar à Alpine e divulgou as primeiras imagens da pintura do carro com as cores da marca. O layout, no entanto, é apenas provisório, mas traz o preto como cor predominante e detalhes em vermelho, azul e branco na tampa do motor. A versão definitiva do A521 será apresentada só em fevereiro.

LEIA TAMBÉM
+ Do título à decepção: sem Brivio, Suzuki perde peça-chave da reconstrução na MotoGP

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube