Alpine mantém pés no chão e afirma que objetivo para 2022 na F1 é “progredir”

Laurent Rossi, diretor-executivo da Alpine, falou sobre as metas da equipe para a nova temporada da Fórmula 1 e comentou as mudanças feitas no departamento técnico do time

ALPINE APRESENTA A522, CARRO PARA A TEMPORADA DE 2022 DA FÓRMULA 1 | React

A Alpine lançou, nesta segunda-feira (21), a A522, carro para a temporada de 2022 da Fórmula 1. Depois de manter o quinto lugar em seu ano de estreia com o novo nome, a equipe francesa espera ter uma base boa para o futuro e não traça metas exorbitantes para o campeonato que se inicia em março.

Laurent Rossi, diretor-executivo da Alpine, colocou 2021 como um ano de aprendizados para a equipe. Rossi também ressaltou que o plano é brigar por títulos em um prazo de cinco anos ou de 100 corridas e que, assim, todos se mantêm humildes no começo da nova era da Fórmula 1.

“Nós aprendemos o ano inteiro, o que funcionou bem e o que não, o que nós precisávamos consolidar, o que precisávamos melhorar, reforçar, nós até aprendemos como vencer de novo”, lembrou Rossi. “Então nós juntamos tudo isso, conseguimos pontuar em 20 corridas de 22, o que é realmente marcante, e conseguimos a quinta posição que era o objetivo, então, sim, missão cumprida”, disse o diretor.

Quem também elogiou o trabalho feito em 2021, foi Luca de Meo, diretor-executivo da Renault, grupo que controla a Alpine. O dirigente lembrou que a equipe passou por dificuldades, e chegou até a dizer que partiu de uma base técnica que “não era a ideal”, mas valorizou o empenho de todos durante o ano.

“Acho que conseguimos o quinto lugar pelo esforço de todo o time. Laurent, técnicos, engenheiros e, é claro, os pilotos, eles fizeram uma grande diferença. Nós sabíamos que seria uma longa jornada, é uma maratona para o topo, mas estamos determinados para progredir a cada ano, e veremos o que acontecerá em 2022”, disse o executivo italiano.

 ▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Alpine lançou o A522 nesta segunda-feira (Foto: Alpine)

A mudança do regulamento trouxe carros completamente remodelados e a volta de conceitos como o efeito-solo para a Fórmula 1. Mas, mesmo com a possibilidade de uma chacoalhada na ordem do grid, Rossi segue com os pés no chão e o objetivo claro de progredir constantemente.

“As novas regras vão mudar todo o panorama, os carros serão renovados. É empolgante, com certeza, e é uma chance e uma oportunidade, mas só saberemos onde estamos quando formos para a pista, todos nós”, disse o francês. “Enquanto isso, nós fizemos o nosso melhor, o que importa mais, de novo, é progredir, progredir e progredir, nós temos um mapa claro. Então você respeita onde está no começo da temporada, mas o mais importante é onde vai estar no final, o progresso que teremos feito até o topo do pódio”, completou Rossi.

Além da mudança nos carros, a equipe francesa passou por uma reestruturação interna, com promoções para Pat Fry e Matt Harman e a chegada de Otmar Szafnauer da Aston Martin para se tornar chefe de equipe.

“Otmar vai trazer conhecimento, experiência, liderança provada e habilidades de construção de grupo muito necessárias para nos elevar ao próximo nível. Então você vê que nosso time A é liderado por pessoas classe A”, elogiou Rossi.

Outra mudança importante na Alpine para 2022 foi a chegada da BWT como patrocinadora, trazendo a cor rosa para os carros e dividindo o espaço com o tradicional azul francês. 

Alpine terá uma pintura totalmente rosa nas duas primeiras corridas do ano (Foto: Alpine)

“Nós somos o time que defende a cor azul, que historicamente são as cores do esporte a motor francês. Eu diria que agora azul e rosa, com a corporação de Andreas, então é ‘La vie en Rose’ azul”, brincou Luca de Meo.

A pré-temporada da Fórmula 1 acontece nesta semana entre os dias 23 e 25 em Barcelona na Espanha. A primeira prova está marcada para o dia 20 de março no Bahrein.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar