Alpine reflete e diz que “não dá para comparar” GP do Azerbaijão “com qualquer outro”

Alan Permane, diretor-esportivo da Alpine, afirmou que a corrida em Baku foi tão incomum para a equipe que não serve de base de comparação

Gasly abandona TL1 de Baku após Alpine pegar fogo (Vídeo: Sky Sports)

A Alpine tinha grandes expectativas para o fim de semana do GP do Azerbaijão, após quatro semanas em que muito se falou sobre o pacote de atualizações da equipe francesa. Uma vez na pista, contudo, a esperança virou pesadelo: praticamente tudo deu errado para os dois pilotos, que saíram sem pontos. De acordo com a própria equipe, foram dias tão estranhos que não dá sequer para tecer qualquer comparação com o trabalho de outras etapas com corrida sprint.

Quem falou sobre o caso foi o diretor-esportivo da Alpine, Alan Permane. O motivo foi a enxurrada de dificuldades que a equipe enfrentou. Logo no primeiro e único treino livre, Pierre Gasly teve um princípio de incêndio na traseira do carro por conta de um vazamento hidráulico. Esteban Ocon também andou pouco na sessão por motivos de segurança.

Relacionadas


Aí, nenhum dos dois conseguiu tirar grande rendimento do carro: Gasly bateu de leve e deixou a classificação oficial e voltou a ter problemas na classificação sprint, enquanto a equipe mexeu na suspensão de Ocon antes da sprint, violando o regime de Parque Fechado e fazendo o francês largar do pit-lane nas duas corridas. O domingo ainda teve Ocon terminando a prova num pit-stop em que passou bastante perto de atropelar fotógrafos.

“Não dá para comparar esse fim de semana com nenhum outro. De verdade, foi tão frenético, carregado e díficil… Não parece qualquer outro fim de semana”, afirmou o diretor.

“Você precisa chegar bem preparado e ter um fim de semana tranquilo. Não tivemos nada disso com nenhum dos carros no TL1 e, daí em diante, virou uma bola de neve fora de controle”, apontou.

Ocon Alpine pit-stop Baku
Ocon quase atropela fotógrafos em Baku. Uma cena de rali que estava sob controle, na visão da Alpine (Foto: Reprodução/F1 TV)

Quem se salvou e teve o esforço reconhecido por Permane foi o grupo de mecânicos da Alpine que tentou superar as dificuldades em Baku.

“Eles trabalharam muito duro e fizeram um grande trabalho com a troca de motor de Pierre. Isso tem um efeito em cadeia que não dá para ver de fora. O pessoal chega na quarta-feira e monta os carros, mas também monta nossos componentes de emergência: câmbios e motores reservas, além de outras coisas assim”, comentou.

“Quando você usa tudo isso na sexta-feira, eles têm de ficar acordados até tarde na sexta à noite, já que não há toque de recolher na noite de sexta em fins de semana de corrida sprint, porque os carros estão em Parque Fechado. Então, ficam até 22h ou 23h remontando componentes reservas e garantindo que tenhamos um motor ou câmbio prontos caso seja necessário”, contou.

“A próxima coisa que têm é uma viagem dolorosa de 14 horas até Miami e alguns já vão trabalhar na terça-feira pela manhã”, continuou, em entrevista dada ainda no domingo. “Recuperar disso não é fácil, especialmente quando você vai direto para outra corrida, mas vamos tirar o que for possível”, declarou.

“Algumas pessoas têm a terça de folga e vão, sem dúvidas, aproveitar o sol e relaxar. Faremos o que for possível para o pessoal que trabalhou longas horas em Baku e terá de trabalhar de novo terça-feira. Vamos tentar dar folga na quarta ou quinta. Pelo menos dá tempo para se afastar um pouco, fazer uma refeição ou tomar uma cerveja, qualquer coisa que ajude na recuperação”, finalizou.

A Fórmula 1 faz longa viagem e já retorna na semana que vem, entre os dias 5 e 7 de maio, com o GP de Miami, primeira de três etapas do ano nos Estados Unidos.

PÉREZ VENCE EM BAKU, VERSTAPPEN FICA NERVOSO E F1 SE PERDE | Paddock GP #327
Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.