Alvo constante de críticas, Stroll afirma que “não presta atenção” ao que diz Villeneuve: “É sempre negativo”

Lance Stroll sempre é visado por Jacques Villeneuve, seu compatriota. As críticas ao seu talento e desempenho ocorrem com frequência. Mas o jovem piloto da Williams, diz, não se importa

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Jacques Villeneuve adora comentar a F1 atual – mas, mais do que isso, gosta de criticar alguns dos pilotos. O mais recente alvo foi Valtteri Bottas, mas sua 'metralhadora', usualmente, está voltada para Lance Stroll. Em dezembro, por exemplo, o campeão mundial de 1997 disse que a Williams "vendeu a alma" para Lawrence Stroll, pai do piloto. Um mês antes, desdenhou de Stroll ao comentar a distância para Felipe Massa. A lista segue. Mas, na última segunda-feira (8), enfim foi a vez do jovem falar sobre o compatriota.

À revista francesa 'Auto Hebdo', o piloto de 19 anos afirmou que ignora ao máximo o que Villeneuve comenta sobre seu talento, desempenho e carreira.

"Ele sempre será negativo", começou Stroll. "Ele nunca me apoiou, de maneira alguma, enxerga apenas o lado negativo. Por isso não presto atenção ao que ele diz", seguiu.

Lance Stroll (Foto: AFP)

Para Stroll, nem quando alcançou um bom resultado, como ocorreu no Azerbaijão, Villeneuve foi capaz de dizer algo bom: "Até mesmo o pódio em Baku não foi positivo, na visão dele."

Após aquela corrida, em junho, Villeneuve afirmou que "também sempre disse que ele ganhou em todos os lugares em que passou e que o mesmo iria provavelmente acontecer aqui – contanto que eles olhassem a realidade no rosto. Você precisa admitir quando não é bom o bastante. É só isso, não sei o motivo de as pessoas estarem ficando tão irritadas."

De fato, Stroll ficou atrás de Massa na temporada, por três pontos: 43 a 40. E também constantemente esteve atrás do brasileiro nas largadas, que tiveram Massa com vantagem de posição em 17 corridas das 19 que ambos disputaram conjuntamente na temporada. 

Resta ver se o segundo ano de Stroll na F1, com mais conhecimento do carro e da pista, fará com que Villeneuve se renda ao canadense.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube